DIFERENÇA ENTRE OS COMPOSTOS

RESUMO DOS PNEUS DE SEXTA-FEIRA

•  O piloto da Mercedes Valtteri Bottas foi o mais rápido na classificação desta sexta-feira – o que o colocará na pole para a corrida sprint de classificação de amanhã que determina o grid para o Grande Prémio de Itália de domingo. Todos os pilotos tiveram que usar o pneu P Zero Vermelho macio C4 para a classificação de hoje, de acordo com o regulamento.
•  O piloto mais rápido na classificação de sexta-feira recebe o prêmio Pirelli ‘Speed ​​King’, que substitui o Prêmio Pirelli Pole Position em eventos com corrida de classificação sprint. O nome do prêmio é particularmente adequado neste fim de semana, já que Monza é popularmente conhecido como o “Templo da Velocidade”.
•  Houve apenas uma hora de treinos livres na tarde de sexta-feira precedendo a classificação, com as equipes condensando seus programas usuais de coleta de dados dentro dessa uma hora e usando todos os três compostos nomeados. O outro carro da Mercedes, de Lewis Hamilton, foi o mais rápido na sessão de treinos livres, desta vez com o pneu P Zero Amarelo médio C3. Hamilton se classificou em segundo na grid para a corrida sprint de classificação, atrás de seu companheiro de equipe, mas à frente de Max Verstappen, da Red Bull.
•  A classificação de hoje ocorreu às 18h (horário da Itália) – mais tarde do que o horário habitual – com 27 graus ambiente e 33 graus de temperatura da pista no início da sessão.
•  Com o tempo de pista limitado, é mais difícil do que o normal calcular a diferença de desempenho entre os três compostos. As indicações até agora sugerem cerca de 0s4 entre médio C3 e macio C4, e 0s3 entre médio C3 e o duro C2.

FÓRMULA 2 – ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O piloto da Prema Oscar Piastri conquistou a pole position pela segunda vez consecutiva na Fórmula 2 (após a última rodada em Silverstone) logo no final da sessão, aproveitando uma pista em evolução e um vácuo ideal. O líder do campeonato usou o P Zero Vermelho macio para definir o seu tempo, nomeado juntamente com o P Zero Amarelo médio neste fim de semana para a Fórmula 2. Apenas 0s057 separaram os três primeiros do grid, enquanto David Beckmann, da Campos Racing, largará em primeiro para a corrida de abertura de amanhã, tendo se classificado em 10º.

MARIO ISOLA – GERENTE MUNDIAL DE MOTORSPORT DA PIRELLI

“Como vimos antes em Monza, a classificação foi uma sessão muito estratégica, com os carros tentando se beneficiar de um vácuo valioso nas longas retas para melhorar seus tempos de volta. A estratégia geral ficou mais complexa pelo fato de que as equipes também tiveram que considerar a corrida de classificação sprint pela primeira vez em Monza, já que são livres para usar o pneu que quiserem amanhã – bem como começar o Grande Prêmio com o composto que quiserem. Vimos diferentes abordagens estratégicas no TL1, com a maioria das equipes usando três conjuntos de pneus e todos os compostos em apenas uma hora para maximizar a coleta de dados, enquanto a Mercedes, por exemplo, focou apenas no pneu médio: o que pode ser uma boa opção para a corrida de classificação sprint de amanhã. A classificação de hoje foi mais simples do que o normal, já que as equipes só podiam usar pneus macios. Estes lidaram bem com as fortes exigências de tração e frenagem de Monza, proporcionando também a aderência mecânica necessária na ausência de elevados níveis de downforce.”