CIRCUITO GOIANO FOI PALCO DA PRIMEIRA ETAPA DA CATEGORIA NA TEMPORADA DE 2020, COM VITÓRIAS DE ZONTA E BARRICHELLO

#PirelliNaStockCar

Depois de uma intensa rodada tripla no Autódromo Internacional de Curitiba, a Stock Car volta a Goiânia para mais um fim de semana com três corridas. Entre os dias 20 e 22 de novembro, o Autódromo Internacional Ayrton Senna, na capital do Estado de Goiás, será palco para as etapas 10 e 11 da maior categoria do automobilismo brasileiro.

Muito tradicional no calendário do automobilismo nacional, o circuito de Goiânia é também considerado um dos mais seguros do País, apresentando largas áreas de escape. Ele conta com três opções de traçado, sendo a mais longa com 3.835 metros de extensão – o qual é utilizado pela Stock Car. Longa também é a reta principal, de 1.000 metros, que leva os pilotos a uma frenagem exigente para uma curva de raio longo à direita, que exerce grande esforço sobre os pneus.

Repetindo o que tem sido regra em 2020, para esta etapa, a Pirelli leva o que tem de melhor em seus produtos para um pleno desempenho e total segurança em competições de turismo no Brasil: o P Zero, para pista seca, e o Cinturato, para uso no molhado. Desde o início do ano, a Pirelli equalizou ambos os modelos para a medida 305/660-18, ambos fabricados em plantas na Europa.

“Goiânia possui um traçado de alta velocidade, que os pilotos adoram. Depois de uma longa reta, a curva um é um ponto que exige muito dos pneus do lado esquerdo. Isso em função de ser uma curva à direita com um raio longo, onde os pilotos permanecem por muito tempo apoiados no lado esquerdo do carro. Como visto na primeira etapa do campeonato, os nossos pneus são totalmente capazes de lidar com tamanho esforço”, disse Fabio Magliano, gerente de produtos Car e Motorsport da Pirelli para a América Latina.

Repetindo a mesma programação da etapa de Curitiba, a última da categoria, onde foi realizada uma corrida no sábado e duas no domingo, o Autódromo Internacional Ayrton Senna receberá mais uma rodada tripla. A primeira prova será disputada no sábado e terá duração de 40 minutos mais uma volta. Já no domingo, serão duas corridas de 30 minutos, mais uma volta, cada.

A Stock Car já correu em Goiânia na temporada de 2020, logo na primeira etapa do campeonato. Na ocasião, os vencedores foram Ricardo Zonta e Rubens Barrichello. Rubinho, por sinal, tem uma lembrança muito positiva do circuito, que foi o palco da primeira vitória dele na categoria em 2014. Na história, Ingo Hoffmann é o maior vencedor da pista, acumulando 12 triunfos.

A transmissão do treino classificatório de sábado, 21, começará às 9h, enquanto a corrida, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, tem início às 12h15. No domingo, 22, o treino classificatório começará às 9h, com a corrida 1 tendo início às 11h e a corrida 2 às 11h55. A transmissão ao vivo é do SporTV 2. Os treinos livres terão início na sexta-feira, 20, às 9h05.