MARIO ISOLA – GERENTE MUNDIAL DE MOTORSPORT DA PIRELLI “Tivemos boas condições meteorológicas e baixo número de bandeiras vermelhas, o que possibilitou um grande acúmulo de quilometragem, graças, também, ao impressionante nível de confiabilidade de todos os carros. Os tempos mais rápidos foram consideravelmente mais velozes aos do primeiro teste ...>