PILOTOS TÊM OS PNEUS P ZERO, DE PISTA SECA, E CINTURATO, DE PISTA MOLHADA, DISPONÍVEIS PARA A CORRIDA DA CAPITAL DE GOIÁS

#PirelliNaStockCar

A temporada da Stock Car está chegando ao fim, mas com seu campeonato equilibrado como poucas vezes se viu. São mais de cinco pilotos com chances reais de título, tudo dependendo de como terminarem a etapa deste fim de semana, em Goiânia, dias 22, 23 e 24 de novembro. Para a disputa, a Pirelli está pronta com seus pneus P Zero e Cinturato.

Daniel Serra lidera o campeonato com 305 pontos, tendo logo atrás Ricardo Mauricio, com 287. Thiago Camilo vem em terceiro, com 281, Rubens Barrichello é o quarto, com 265, e Julio Campos o quinto, com 256. A vitória da primeira corrida vale 30 pontos e a da segunda, 24.

A veloz pista da capital de Goiás tem uma das maiores retas do Brasil, fazendo dela um grande ponto de ultrapassagem, o que deve apimentar ainda mais as disputas. A previsão do tempo está instável, como na última etapa, no Velo Città, o que pode fazer com que os pilotos e as equipes utilizem ambos os pneus Pirelli da Stock Car durante o final de semana: o P Zero, para pista seca, e o Cinturato, para pista molhada.

Apesar de ter sido totalmente reformada há cinco anos, a pista possui asfalto abrasivo. Além das longas retas, freadas fortes e curvas rápidas que também são um desafio para os pneus. Com alta velocidade média, a pista tem como destaque a longa curva um, que exerce grande esforço sobre os pneus do lado esquerdo do carro. Ao todo, são 3.835 metros de extensão, em sentido horário, e 12 curvas, sendo oito para a direita e quatro para a esquerda.

“A pista do autódromo de Goiânia é muito desafiadora para os pilotos, assim como para os pneus. A equipe que conseguir um ótimo acerto desde os treinos livres de sexta-feira terá vantagem, já que cada detalhe faz muita diferença”, disse Fabio Magliano, gerente de produtos car e motorsport da Pirelli para a América Latina.

“Os pneus são bastante exigidos, principalmente os do lado esquerdo, por isso nossa solicitação é que as equipes sigam à risca nossas recomendações de pressão, camber e substituição de ambos os pneus do lado direito durante a prova”, finalizou.

Na última etapa, realizada em maio, Thiago Camilo e Rubens Barrichello venceram as provas. A transmissão da rodada dupla começa às 11h00 deste domingo ao vivo pelo SporTV. O classificatório do sábado será mostrado, também ao vivo, pelo Globoesporte.com, a partir das 13h30. Os treinos livres terão transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook oficiais da categoria, a partir das 10h55 de sexta-feira, todos horários de Brasília.

DISPONÍVEL

Pista seca: P Zero na medida 305/660-18
Pista molhada: Cinturato na medida 285/645-18

CARACTERÍSTICAS DA PISTA (entre 1 e 5):

Abrasividade da pista: (4)
Força lateral: (4)
Pneu mais exigido (traseiro esquerdo)


CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS P ZERO:

Cambagem recomendada dianteira: (-5,0°)
Cambagem recomendada traseira: (-3,0°)
Calibragem recomendada a quente: 32 PSI


CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CINTURATO:

Cambagem recomendada dianteira: (-2,0°)
Cambagem recomendada traseira: (-0,0°)
Calibragem recomendada a quente: 32 PSI

RESULTADO ANTERIOR
GOIÂNIA, 3ª ETAPA 2019
19/05/2018
CORRIDA 1

1º) 10 Ricardo Zonta, Shell V-Power, 42min30s709
2º) 29 Daniel Serra, Eurofarma RC, a 2s492
3º) 80 Marcos Gomes, KTF Sports, a 5s126


CORRIDA 2
1º) 111 Rubens Barrichello, Full Time Sports 42min30s213
2º) 4 Julio Campos, Prati-Donaduzzi Racing, a 1s655
3º) 29 Daniel Serra, Eurofarma RC, a 2s869

SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO
10h55 – 11h25: Treino Livre 1, grupo 1
11h35 – 12h05: Treino Livre 1, grupo 2
13h50 – 14h20: Treino Livre 2, grupo 1
14h30 – 15h00: Treino Livre 2, grupo 2

SÁBADO, 23 DE NOVEMBRO
10h15 – 10h45: Treino Livre 3, grupo 1
10h55 – 11h25: Treino Livre 3, grupo 2
13h30 – 14h30: Classificação

DOMINGO, 24 DE NOVEMBRO
11h00 – Largada, corrida 1
12h02 – Largada, corrida 2

Fotos: Duda Bairros/Vicar