Sakhir, de 6 a 8 de abril de 2018

O Circuito Internacional do Bahrein introduz o composto médio de 2018 em um fim de semana de Grande Prêmio, nomeado ao lado do macio e do supermacio. Este pneu médio já é familiar para as equipes, uma vez que que é o mesmo composto macio usado em 2017. O programa de voltas rápidas da Pirelli, no qual pilotos conhecidos da Formula 1 e de outras categorias irão levar para a pista supercarros de uso nas ruas equipados com pneus P Zero, também faz sua estreia no Bahrein.

OS TRÊS COMPOSTOS SELECIONADOS

O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DO PNEU

O Grande Prêmio começa no fim da tarde e termina à noite, o que significa que a temperatura da pista cai substancialmente durante a prova. Esta característica afeta diretamente o comportamento dos pneus.

  •  A tração é um fator importante no Bahrein, então os pilotos precisam gerenciar, particularmente, os pneus traseiros.
  •  É a mesma indicação de compostos realizada em 2017, porém, neste ano, todos são um nível mais macio do que os usados no ano passado.
  •  A maior parte dos pilotos fez duas paradas nos boxes em 2017, com uma grande variedade de estratégias.
  •  Os compostos médio e macio são obrigatórios para a corrida, com as equipes tendo que manter, pelo menos, um jogo de cada disponível para o domingo.
  •  A etapa do Bahrein é uma das três corridas noturnas do ano, ao lado de Cingapura e Abu Dhabi.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: “O Bahrein oferece um desafio muito diferente do da Austrália. Porém, há um ponto em comum. São duas pistas caracterizadas pela preponderância de cargas longitudinais, de freadas e acelerações constantes, ao invés de forças laterais, o que também significa que a traseira dos carros é particularmente limitada. Por causa da superfície abrasiva e da degradação térmica, esperamos mais do que um pit-stop para a maior parte dos pilotos, especialmente pela gama inteira dos pneus ser mais macia. A prova do Bahrein proporcionou uma variedade de estratégias interessantes no passado. A programação da corrida, com faixa de temperaturas que caem consideravelmente durante o entardecer, faz com que as equipes precisem maximizar sua aprendizagem das sessões mais representativas e tirar as conclusões mais eficazes das condições incomuns da pista durante o entardecer.”

O QUE HÁ DE NOVO

  •  A Pirelli lança seu novo programa de voltas rápidas no Bahrein, apresentando alguns dos mais recentes carros para uso nas ruas da McLaren e da Aston Martin, com ação na pista em diferentes sessões, com alguns pilotos bem conhecidos ao volante.
  •  A Fórmula 2 – o campeonato de acesso à Fórmula 1 – começa sua temporada no Bahrein, usando um novo carro e motor turbo este ano.
  •  O circuito e sua infraestrutura permanecem inalterados em relação ao ano passado.

PRESSÕES MÍNIMAS PARA A LARGADA

Minimum described tire pressures 21.0 psi (pneus dianteiros) e 19.0 psi (pneus traseiros)

LIMITES DE CAMBAGEM

-3,75º (pneus dianteiros) – -2,00º (pneus traseiros)

Pneus selecionados até o momento