A marca com o P Longo localizada no pavilhão 2, estande G30, combina a arte da tatuagem com o mundo dos pneus, dando vida à uma obra de arte em borracha

Este ano, a Pirelli está localizada na área personalizada, no estande G30 do pavilhão 2, da International Motorcycle Exhibition – EICMA (Exposição Internacional de Motos), que vai até 18 de novembro, em Milão, com o principal produto dedicado ao mundo da customização, o Night Dragon, e com a iniciativa que combina a arte da tatuagem, particularmente popular entre os entusiastas da customização, com o mundo de duas rodas: assim sendo, nasce uma nova forma de arte – o pneu tatuado.

Na verdade, essa não é a primeira vez que a Pirelli, que sempre esteve envolvida na busca de qualquer forma de inovação, se interessou por tatuagem.  Em setembro do ano passado, para a inauguração da loja Pzero Store no Corso Venezia 1/a em Milão, a empresa de pneus milanesa divulgou a Santíssima Trindade, onde o famoso tatuador Scott Campbell testou suas habilidades ao entalhar os sulcos do pneu Diablo Rosso II que, na ocasião, foi montado e exibido na loja em uma Ducati Diavel.

Para a EICMA, a Pirelli ofereceu um desafio “artístico” para o renomado estúdio de tatuagem Fashion Tattoo of Monza and Pesaro (Itália), perguntando se – e como – seria possível expressar a iconografia artística das tatuagens do mundo customizado nos pneus. A partir disso, nasceu a ideia de apresentar sessões de tatuagem nos sulcos dos pneus da Pirelli ao longo das datas do evento. No entanto, em comparação com o pneu ancestral tatuado por Campbell, aqui há outro passo à frente e um elemento adicional: a cor. Na verdade, o desenho, inspirado em temas da “velha guarda”, é primeiro entalhado de forma magistral sobre o pneu com um cinzel, e depois pintado com esmalte acrílico. O resultado é uma verdadeira obra extemporânea de arte na borracha, unicamente para fins de exibição e de vida útil curta, devido às propriedades dos componentes do composto, mas capaz de transmitir emoção e provocar interesse em quem a observa.

Portanto, este é um evento marcado pela arte para a Pirelli – arte que também foi a principal característica na noite de ontem, no Ridersnight Gommati, organizado pela Riders Italian Magazine em colaboração com a Pirelli e a Fundação Pirelli. Mais uma vez, o elo de ligação da noite foi a borracha, presente não apenas como um pneu, mas também em todas as suas formas por um caminho que foi criado em palcos. No caminho havia uma exposição especial preparada pela Fundação Pirelli que, com 28 ilustrações de seus 140 anos de história, recapitulava o patrimônio iconográfico e cultural, explicando como a borracha foi a autora e a reflexão das mudanças ao longo do tempo.

Com essa forte presença na área personalizada da EICMA, a Pirelli, que sempre foi um líder no segmento de corridas e esporte, tem a intenção de enviar uma mensagem clara a todos os motociclistas entusiastas da customização, demonstrando como toda a experiência adquirida durante seus anos em competições pode ser facilmente transferida para um produto, o Night Dragon, que é capaz de proporcionar uma moto personalizada não apenas com quilometragem e estabilidade (exigências mínimas que toda a concorrência oferece), mas também uma excelente aderência e manuseio, que são programados no DNA esportivo da Pirelli. Estes dois últimos recursos são importantes e necessários à medida em que o desempenho cada vez mais elevado de motos modernas personalizadas precisam colocar a potência de todos os seus cavalos no chão sem sacrificar o manuseio, apesar de seu grande peso.