A edição de 2009 do Calendário Pirelli, cultuado há mais de 40 anos pelos admiradores de fotografia, beleza e evolução cultural, foi revelada hoje em uma premiére mundial que aconteceu na The Station, em Berlim, Alemanha, uma histórica estação de trem que, ao final do século XIX, ligava as cidades de Dresden, Viena e Praga.

A natureza de Botsuana foi palco da 36ª. edição do Calendário, onde, em maio, o famoso fotógrafo Peter Beard passou dez dias imortalizando sete renomada modelos internacionais. Beard, que morou no Quênia por 30 anos, é um dos maiores intérpretes dos mistérios e do charme da África.

Após a edição feita na China, em que Patrick Demarchelier justapôs a atmosfera das antigas casas de chá com a modernidade das metrópoles orientais, o Calendário Pirelli viaja para um dos poucos lugares da África que se mantém selvagem e intocado, livre das devastações da guerra e com alta concentração de vida selvagem.

Peter Beard escolheu um território autêntico e ancestral que nasce da justaposição de dois mundos distintos: o oásis aquático do delta do Rio Okavango e a extensão árida do deserto do Kalahari. Um território que tem sido poupado da exploração da terra e do empobrecimento de recursos, que o fotógrafo escolheu para representar a natureza como entidade metafísica sempre em movimento e como fonte infinita de criatividade, cujos ritmos e leis sempre devem ter um princípio e um final.

Uma natureza descrita ao mesmo tempo como poderosa e ferida, com uma visão harmônica do meio ambiente, que nos remete ao espírito do naturalismo norte-americano do século XVII. Por meio das lentes de Beard, a natureza profere um grito de raiva e rebeldia contra a incapacidade do homem de combinar crescimento e desenvolvimento com sabedoria e respeito pela diversidade. É neste contexto que elefantes, os reais protagonistas desta edição do Calendário, lutam para sobreviver e são relegados a espaços cada vez mais restritos. Os elefantes são uma metáfora da raça humana e a África, uma metáfora de um mundo devastado que precisa recuperar a harmonia perdida.

Beard não confere privilégios aos seres humanos, porque ele acredita que nós, assim como os animais, devemos respeitar o equilíbrio da natureza. Ele imagina para todos nós um futuro amargo: viver em um ambiente cada vez mais inóspito, causado pelo desenvolvimento míope e descontrolado, em que a qualidade de vida tende a piorar cada vez mais e que se tenha de enfrentar a revolta da natureza.

A única esperança é a beleza. Beard acredita que a chave para a salvação da humanidade está numa constante busca pela verdade e pela beleza. As mulheres que Beard fotografa são retratadas como geradoras da vida, a fonte de todas as coisas, cuja graça se mantém totalmente intacta. Elas são traduzidas como as criaturas nascidas das entranhas da natureza, heróicas, poderosas, com traços bem definidos e movimentos poderosos; estátuas, símbolos da criatividade e da capacidade de regeneração da natureza. “Somente a beleza pode salvar o mundo” é a mensagem do novo Calendário Pirelli, à luz de Fyodor Dostoevsky.

As sete modelos são: Daria Werbowy, do Canadá; Emanuela de Paula e Isabeli Fontana (que estreou na edição de 2005, clicada por Demarchelier) do Brasil; Lara Stone e Rianne Ten Haken da Holanda; Malgosia Bela da Polônia; e a italiana Mariacarla Boscono (cuja estréia aconteceu na edição elaborada por Bruce Weber em 2003 e novamente em 2004, de Nick Knight).

O resultado final é um calendário/diário que Peter Beard descreve como escultura viva. As 56 páginas do novo Calendário são uma rica colagem de imagens, citações e observações do artista sobre o meio ambiente, as mudanças climáticas, o aquecimento global, a superpopulação e o empobrecimento dos recursos naturais. “Minha real preocupação”, afirma o fotógrafo, “é a destruição da natureza em escala mundial. Nós nos esquecemos completamente em que se baseia a evolução e o quão importante é a diversidade da natureza”.

Durante as sessões de fotografia e a produção do Calendário, diversas medidas foram tomadas para minimizar o impacto ambiental desta edição. Atendo-se a mensagem de Peter Beard, o Calendário Pirelli e o evento de gala para lançar a edição de 2009 terão impacto zero (Zero Impact®). A Pirelli, em consonância com a iniciativa LifeGate, contribuirá com a criação e proteção de uma área florestal da Costa Rica capaz de absorver a mesma quantidade de CO2 emitida na produção e impressão do Calendário e pelo evento de lançamento. Além disso, o Calendário será impresso em papel natural livre de chumbo.

PETER BEARD

As viagens para a África em 1955 e 1960 aguçaram o interesse do fotógrafo. Assim que formou em Yale, voltou ao Quênia seguindo os passos de Karen Blixen (Isak Dinesen) em Rungstedlund, Dinamarca. Ela foi a autora de Out of África, Shadows in the Grass, Gothic Tales e Mottos in my Life. Beard conheceu Blixen por meio de seu primo Jerome Hill. No começo dos anos 60, ele trabalhou no Parque Nacional Tsavo do Quênia. Durante este tempo, fotografou e documentou o desaparecimento de mais ou menos 35 mil elefantes e cinco mil rinocerontes e publicou dois The End of the Game Book (1965 e 1977). Enquanto isso, ele comprou o Rancho Hog, uma propriedade vizinha à de Karen Blixden, que é próxima às Colinas de Ngong, e tornou-o sua base na África Oriental. Beard publicou outros trabalhos contando suas experiências africanas: Eyelids of the Morning: The Mingeled Destines of Crocodiles and Men (1973), Longing for Darkness (1975). As suas obras mais recentes são Zara’s Tales: Perilous Escapades in Equatorial África (2004), escrito por sua filha, e Peter Beard, livro publicado pela editora Taschen, em novembro de 2006.

Sua primeira exposição foi na Galeria Blum Helman, em Nova York, em 1975, e foi seguida, em 1977, pela memorável instalação de suas fotografias, carcaças de elefantes, diários queimados, animais dissecados, artefatos Africanos, livros e objetos pessoais no Centro Internacional de Fotografias (sua primeira exposição solo), na cidade de Nova York.

Além de criar obras de arte originais, Beard colaborou com projetos de diversos artistas, incluindo Andy Warhol, Andrew Wyeth, Richard Lindner, Terry Southern, Truman Capote e Francis Bacon.

Em 1996, pouco depois de ter sido atacado e pisoteado por um elefante, ele inaugurou sua primeira e mais importante retrospectiva no Centro Nacional de Fotografia em Paris, seguida de outras exposições em Berlim, Londres, Toronto, Madri, Milão, Tóquio e Viena. Atualmente, Beard vive na cidade de Nova York, em Montauk Point e no Quênia com sua esposa Nejma e sua filha Zara.

DARIA WERBOWY

Daria Werbowy é natural de Toronto, no Canadá, embora seus ascendentes sejam da Ucrânia. No período em que Daria trabalhava nas passarelas, ela tomou o mundo da moda como uma tempestade, e seu nome encabeçava a lista de todas as mais prestigiosas marcas. Ela foi indicada pelo site Models.com, por vários anos consecutivos, como a modelo número 1 entre um elenco de 50 top models. O estouro de Daria aconteceu quando o fotógrafo de moda Steven Meisel se apaixonou pela sua beleza clássica e a contratou exclusivamente para a campanha da Prada da coleção Outono/Inverno de 2003. E a chamou novamente para a temporada de Primavera/Verão de 2004 da mesma marca. Daria, então, estrelou a campanha de Outono/Inverno de 2004 da Gucci, e os anúncios de Outono/Inverno da Chanel, David Yurman & Missoni. Em seguida, ela ilustrou os anúncios de Outono/Inverno de 2005 da Yves Saint Laurent, outra temporada de Chanel, e uma das modelos estreantes de Gloria Vanderbilt. Em 2005, Daria assinou um contrato global de representação da Lancôme para anúncios de televisão e cinema. Ela é a imagem da nova fragrância da marca, Hypnose. Atualmente, Daria é a estrela dos comerciais de Valentino, H&M, Hermes, Missoni, e Lancôme.

Na sua primeira temporada internacional, Daria trabalhou para nada menos que 30 marcas importantes como Calvin Klein, Ralph Lauren, Donna Karan, Marc Jacobs, John Galliano, Balenciaga, Dolce & Gabbana, Gucci, Versace, Christian Dior, Yves Saint Laurent, Stella McCartney, Alexander McQueen, Mui Mui, e, claro, Prada.

Daria trabalha constantemente com os mais prestigiosos fotógrafos da indústria, Steven Meisel, Mario Testino, Peter Lindbergh, Karl Lagerfeld, Juergen Teller, David Sims, Mario Sorrenti, Craig Mcdean, Patrick Demarchelier, Mikael Jansson, Nathaniel Goldberg, Greg Kadel, Bruce Weber, Inez Van Lamsweerde & Vinoodth Matidan e Mert & Marcus, somente citando alguns. Ela também teve a oportunidade de trabalhar com o ícone Helmut Newton.

As mais prestigiosas revistas de moda, como a Vogue (Americana, Italiana, Inglesa, Francesa e Japonesa), Harper’s Bazaar, W, Numero, V, e PoP, estampam regularmente as suas capas com Daria. Ela foi capa das revistas Numero, V, W, GQ e atingiu a excelente marca de seis capas da Vogue Italiana. Daria foi capa de setembro de 2004 da Vogue Americana, que lhe conferiu o atributo de uma das líderes do chamado “retorno ao Super Model”. Ela também foi capa da edição “Top Models” da Vogue Francesa, em março de 2005, bem como capa da edição especial de 25º. aniversário da i-D, em setembro de 2005.

Daria mora, atualmente, na cidade de Nova York.

EMANUELA DE PAULA

Emanuela de Paula nasceu na cidade de Cabo de Santo Agostinho, no estado de Pernambuco, nordeste do Brasil. Demonstrou, desde cedo, grande interesse pelo mundo da moda e é notória a sua perseverança ao seguir o trabalho de modelo. Aos 15 anos, em 2005, mudou-se para São Paulo para seguir a carreira sob contrato da agencia Marilyn. Pouco depois, chegou a Nova York e vive nesta cidade desde então. Suas características exóticas alçaram-na à favorita em sua estréia na Semana da Moda de Nova York. Emanuela é singular e se mantém como uma das modelos mais disputadas da atualidade. Editoriais: W Magazine, Allure, French Revue de Modes, Vogue Magazine, I-D, V Magazine, Self Service, Teen Vogue, Italian Marie Claire

Campanhas: DKNY, Tommy Hilfiger, Alexander Herchovitch, Mac Cosmetics, The Gap, Gap Body, H&M, e Victoria’s Secret

Fotógrafos: Michael Thompson, Patrick Demarchelier, Greg Kadel, Thierry Le Goues, Arthur Elgort, Nick Heavican, Mark Squires, Ezra Petronio, Max Cardelli

ISABELI FONTANA

Com sua beleza singular e estonteante presença na passarela, Isabeli chacoalhou o mundo da moda como nenhuma outra modelo do momento. Esta brasileira estrelou praticamente todas as revistas de moda mais importantes do mundo, e é constantemente convocada pelos principais estilistas, editores e fotógrafos desta industria.

Isabeli nasceu na cidade de Curitiba, no Brasil. Foi descoberta aos 13 anos em um concurso de modelos.

Isabeli trabalha como modelo em Nova York desde 1996, e é considerada uma das mais populares do mundo. Ela tem sido a estrela de diversas campanhas, incluindo Balenciaga, Versace, Chanel, Valentino, Hermes, Hussein Chalayan, Armani Jeans, Oscar de la Renta, MaxMara, e Nicole Farhi. Atualmente, Isabeli pode ser vista na campanha do perfume Flowerbom de Viktor & Rolf, clicada por Inez Van Lamsweerde & Vinoodh Matadin, bem como nas propagandas da fragrância Crystal Noir da Versace, fotografada por Steven Meisel.

A modelo trabalha constantemente com os mais talentosos fotógrafos da indústria: Steven Meisel, David Sims, Mario Testino, Mert Alas & Marcus Piggott, Inez Van Lamsweerde & Vinoodh Matadin, Solve Sundsbo, Peter Lindbergh, Mario Sorrenti, Alasdair McLellan, Dan Jackson e Patrick Demarchelier, apenas para citar alguns.

Isabeli também figurou incontáveis capas de revistas, tanto de moda como de atualidades: Vogue (Americana, Francesa e Brasileira), Self Service, Numero, i-D, Doingbird, e Time.

Além de ser uma modelo extraordinária, ela tem talento para o mundo dos negócios. É ela o cérebro por trás da sua própria marca de roupas infantis, destinada ao mercado brasileiro.

LARA STONE

Lara Stone, nascida e criada na Holanda, foi clicada pelos mais prestigiosos fotógrafos da indústria da moda incluindo, Steven Meisel, Mario Sorrenti, Mert & Marcus, Inez Van Lamsweerde & Vinoodth Matidan, Mario Testino, Davis Sims, Craig McDean, Terry Richardson, e Greg Kadel. Ela estrelou a capa e as páginas de publicações como French Vogue, Italian Vogue, British Vogue, Japanese Vogue, Self Service, W, V, Numero, e I-D.

Lara desfilou para os mais renomados estilistas como, Chanel, Lanvin, Givenchy, Louis Vuitton, Miu Miu, Chloe, Stella McCartney, Missoni, Hermes, Karl Lagerfeld, Jean Paul Gaultier, e Christian Dior.

Além disso, Lara estrelou campanhas singulares de Givenchy, MaxMara, Nicole Fahri¸ Calvin Klein Jeans, Just Cavali, Calvin Klein Cosmetics e Levi’s. Atualmente, ela pode ser vista nos anúncios de Primavera/Verão da H&M.

Lara encabeçou a lista Top 10 do site Models.com. Graças as suas incontáveis conquistas em tão curto espaço de tempo, não restam dúvidas de que Lara Stone segue a trilha para se tornar uma das mais brilhantes estrelas do mundo da moda.

MARIACARLA BOSCONO

Diversas publicações de moda apontam Mariacarla uma das mais cobiçadas modelos da atualidade.

Ela estrelou as campanhas de Givenchy, Yves Saint Laurent, Opium perfume, Calvin Klein Jeans, Marc by Marc Jacobs, Roberto Cavalli, Christian Dior, Versace, Moschino DKNY, Jean Paul Gaultier, Blumarine, Anna Molinari, Karl Lagerfeld, Michael Kors, Alberta Ferretti and D&G. Atualmente, Mariacarla pode ser vista na campanha de Primavera/Verão 2008 da Givenchy, clicada por Inez Van Lamsweerde & Vinoodh Matadin. Para o Outono/Inverno de 2008, Mariacarla poderá ser vista em diversas campanhas, incluindo: John Galliano, foto: Nick Knight, Hermes, Pucci, foto: Juergen Teller, Moschino e Givenchy, foto: Inez Van Lamsweerde & Vinoodh Matadin.

Quando Mariacarla trabalhava nas passarelas, ela trabalhou com outros prestigiosos fotógrafos da indústria como Inez Van Lamsweerde & Vinoodh Matadin, Juergen Teller, Mert Alas & Marcus Piggott Steven Meisel, Mario Sorrenti, Peter Lindbergh, Steven Klein, Jean-Baptiste Mondino, Patrick Demarchelier, Michael Thompson, Karl Lagerfeld, Mikael Jansson, e Dan Jackson.

A personalidade magnética e a beleza de Mariacarla inspiraram o artista Richard Prince a fotografá-la para diversos editoriais de moda da W Magazine. O lendário Nan Goldin a escolheu como a única modelo, dentre tantas mulheres como Jane Birkin, Tilda Swinton, Veruschka e Patti Smith, para a matéria sobre alta costura que ele produziu para a revista do New York Times.

Revistas como Vogue (Americana, Italiana, Francesa, Inglesa, e Japonesa), W, Harper’s Bazaar, Numero, e POP estampam Mariacarla com regularidade. Ela também estrelou a capa de French Vogue, German Vogue, Chinese Vogue, e Mixte.

Eleita também pelos mais notórios estilistas, Mariacarla desfilou nas passarelas de diversas coleções nas cidade de Nova York, Milão e Paris, para nomes da magnitude de Givenchy, Lanvin, Hermes, John Galliano, Fendi, Valentino, Yves Saint Laurent, Versace, e Gucci.

RIANNE TEN HAKEN

Estonteante e artística são duas palavras que são utilizadas com freqüência para descrever a modelo holandesa Rianne Tem Haken. Diversas publicações de moda apontam Rianne uma das mais prestigiadas modelos da atualidade. Rianne estrelou campanhas de Versace, Costume National, Armani, e Chanel.

No período em que Rianne desfilava, ela teve a oportunidade de trabalhar com os melhores fotógrafos da indústria, como Steven Meisel, Mert Alas & Marcus Piggot, Solve Sundsbo, Laurie Bartley, Thomas Schenk, Jean-Baptiste Mondino, Ellen Von Unwerth, Vincent Peters, e Dominique Isserman.

Ela também estrelou as capa de Italian Vogue, Numero, Mixte, 10, e Spanish Vogue.

Bem requisitada pelos mais notáveis estilistas, Rianne desfilou para dezenas de coleções de Nova York, Milão e Paris, para marcas tais como Louis Vuitton, Prada, Miu Miu, Christian Dior, Givenchy, Alexander McQueen, Calvin Klein, Gucci e Marc Jacobs

MALGOSIA

Nascida em Cracóvia, na Polônia, em 1977, Malgosia alcançou rapidamente o sucesso nas passarelas e editoriais de moda, aparecendo nas capas de diversas revistas internacionais como as edições da Itália, da França e da Inglaterra da Vogue, V Magazine e Harpers Bazaar.

Ela estrelou diversas campanhas incluindo Tiffany, Calvin Klein, Gap, Lanvin e Marc Jacobs, e trabalhou com os mais prestigiosos fotógrafos, dentre eles Irving Penn, Richard Avedon, Steven Meisel, Patrick Demarchelier e Mario Testino.

Em 2001, ela diversificou sua carreira e começou a trabalhar como atriz, ocupando papéis de destaque em quatro filmes europeus, incluindo a produção polonesa “Ono”e “Karol: A Man Who Became Pope”.

Entretanto, em 2006, Malgosia ressurgiu dentro da indústria da moda nas campanhas de marcas como Louis Vuitton, Chloe, Jill Sander e Donna Karan.

Malgosia, que tem um filho chamado Jozef, obteve graduação artística em literatura pela Universidade de Varsóvia e é também uma primorosa pianista clássica.

Fotógrafos e locações

1964 Robert Freeman in Majorca
1965 Brian Duffy in the South of France
1966 Peter Knapp in Al Hoceima, Morocco
1967 Not Published
1968 Harry Peccinotti in Tunisia
1969 Harry Peccinotti at Big Sur, California
1970 Francis Giacobetti at Paradise Island, the Bahamas
1971 Francis Giacobetti in Jamaica
1972 Sarah Moon at Villa Les Tilleuls, Paris
1973 Allen Jones in London
1974 Hans Feurer in the Seychelles
1975-1983 Not Published
1984 Uwe Ommer in the Bahamas
1985 Norman Parkinson in Edinburgh, Scotland
1986 Bert Stern in the Cotswolds, England
1987 Terence Donovan in Bath, England
1988 Barry Lategan in London
1989 Joyce Tennyson in the Polaroid studios, New York
1990 Arthur Elgort in Seville, Spain
1991 Clive Arrowsmith in France
1992 Clive Arrowsmith in Almeria, Spain
1993 John Claridge in the Seychelles
1994 Herb Ritts at Paradise Island, the Bahamas
1995 Richard Avedon in New York
1996 Peter Lindberg in El Mirage, California
1997 Richard Avedon in New York
1998 Bruce Weber in Miami
1999 Herb Ritts in Los Angeles
2000 Annie Leibovitz in Rhinebeck, N. New York City
2001 Mario Testino in Naples, Italy
2002 Peter Lindbergh in Los Angeles
2003 Bruce Weber in Southern Italy
2004 Nick Knight in London
2005 Patrick Demarchelier in Rio de Janeiro
2006 Mert and Marcus in Cap d’ Antibes, France
2007 Inez and Vinoodh in California
2008 Patrick Demarchelier in Shanghai, China
2009 Peter Beard in Abu Camp/Jack’s Camp Botswuana