race

A busca do desempenho

Apenas dois dias para a largada. Resta mesmo muito pouco tempo antes do início do primeiro grande prêmio da temporada, e por causa disso as equipes estão agora em Barcelona firmemente concentradas na classificação e nas especificações da corrida

Home race A busca do desempenho
A busca do desempenho

Depois de toda a conversa sobre a rivalidade entre a Mercedes e a Ferrari, foi na realidade uma Williams que liderou na quarta-feira em Montmeló, graças a um tempo de 1’23’’022 de Valtteri Bottas com pneus supermacios.
Na terça-feira, o finlandês voador havia sido o segundo mais rápido com os ultramacios, enfatizando como as equipes estão agora concentradas na pura velocidade, bem como na confiabilidade. O esforço de Bottas hoje não foi o tempo mais rápido com supermacios até agora nos testes: isso ainda é cortesia de Nico Hulkenberg da Force India durante a semana de abertura.

Mas os dois tempos ficaram próximos, o que prova como as equipes atualmente têm a esperança de encontrar aquelas pequenas frações de segundos que fazem a diferença entre se classificar na frente ou em algum ponto do meio.
A confiabilidade foi impressionante: não houve nenhuma bandeira vermelha até a hora final, quando a Sauber de Marcus Ericsson parou, o que possibilitou aos pilotos se concentrarem ainda mais em extrair as últimas gotas de desempenho.
Com Lewis Hamilton tendo completado uma simulação de corrida para a Mercedes na terça-feira, na quarta-feira foi a vez de Nico Rosberg fazer o mesmo. Um dos pilotos mais ocupados era Carlos Sainz, da Toro Rosso, cujo famoso pai bicampeão do WRC, Carlos Sainz Senior, foi visto tomando um espresso no motorhome da Pirelli durante a manhã.
Sainz Junior foi o primeiro piloto a acumular 100 voltas, e completou mais do que o dobro da distância de um grande prêmio ao final do dia: o tipo de ética de trabalho que só poderia ter aprendido com seu pai. Quando estava no auge de sua carreira nos ralis, Sainz Sr sempre fazia mais testes do que qualquer um de seus colegas, muitas vezes bem tarde da noite. Se fosse possível, Sainz Junior ainda estaria pilotando pelas voltas de Barcelona neste momento…
Naturalmente, nunca é fácil para um recém-chegado. A novíssima equipe Haas lutou para conseguir um tempo significativo, embora o carro tenha sido respeitavelmente rápido quando esteve na pista. Tal é a complexidade da Fórmula 1® moderna que não existe nenhum atalho de verdade para o processo de aprendizado. Mas o fato de haver tanto para aprender na verdade não é o maior problema que todas as equipes enfrentarão agora – e sim por haver tão pouco tempo para isso.

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
race