road

Maio Amarelo: praticar é salvar vidas

Lema do programa de 2021 é: “Respeito e responsabilidade – pratique no trânsito”

Home road Maio Amarelo: praticar é salvar vidas
Maio Amarelo: praticar é salvar vidas

Para quem gosta de adrenalina, acelerar um carro em alta velocidade pode trazer um prazer inigualável. Mas é importante lembrar: a estrada não é o local para correr. Para isso, existem os autódromos, equipados com todos os requisitos necessários para a segurança dos pilotos. Consciente de seu papel dentro do universo automotivo, a Pirelli tem, há anos, apoiado campanhas como a Street for Life, do Fundo das Nações Unidas. Por meio da hashtag #Love30, a iniciativa busca a adesão de 30 km/h como limite máximo de velocidade em regiões de muito tráfego de carros e transeuntes. A ideia é diminuir os acidentes e tornar as ruas um espaço mais seguro e saudável para toda a população.

Em 2009, um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou aproximadamente 1,2 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Este dado fez com que a Organização das Nações Unidas (ONU) decidisse estabelecer a criação de um plano que fosse capaz de reduzir estes números. Por isso, em 11 de maio de 2011, foi criada a Década de Ação pela Segurança de Trânsito (2011-2020).

A partir dessa iniciativa, também foi instituído o Maio Amarelo, cujo intuito é chamar a atenção da sociedade – daí a escolha da cor amarela – para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A ideia é que haja uma ação coordenada entre Poder Público e sociedade civil, de modo que a pauta sobre a segurança viária seja elevada a um patamar de alta visibilidade. Em setembro de 2020, o site do Governo Federal listou o Maio Amarelo como uma das razões para a queda nos acidentes de trânsito no país nos últimos anos.

Segundo dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), entre 2015 e 2019 houve uma queda anual de 7% nas mortes por acidente de trânsito no Brasil, o que significa uma redução de 43 mil para 30 mil mortes por ano. Também segundo o DataSUS, com o encerramento da década, o país conseguiu diminuir os acidentes em 30% em nove anos – de 43.256 mil para 30.371 mil mortes no período. Entretanto, esse número ainda é menor do que os 50% de redução estabelecidos pela Década de Ação pela Segurança de Trânsito. O Brasil, segundo uma pesquisa feita pela OMS em 2019, está na quarta posição entre os países com mais mortes em acidentes de trânsito em todo o mundo.

Todos esses dados mostram que, mesmo após dez anos de constantes campanhas de conscientização, o Brasil tem um longo caminho pela frente para reduzir ainda mais o número de mortes no trânsito. Números estes que, aliás, não só números: são vidas. Para 2021, o lema do Maio Amarelo é: “Respeito e responsabilidade – pratique no trânsito”.  Praticá-lo é, portanto, um ato necessário, que salva o próximo e a si mesmo.

Saiba mais
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
road