road

70 anos de uma
lenda viva

Uma história pode ser contada por anos. Mas somente quem marcou história se torna lenda

Home road 70 anos de uma
lenda viva
70 anos de uma
lenda viva

E quando ela ainda tem um status de lenda viva, pode ser considerada um item raríssimo. E é o caso do Cinturato da Pirelli, que em 2020, completa 70 anos e segue firme e forte, rumo ao futuro.

Em 1950, o time de engenharia de Milão, na Itália, liderado por Luigi Emanueli, estava prestes a lançar um pneu que mudaria para sempre a história. Há 70 anos, ele ainda não era chamado de Cinturato, mas estava escondendo uma verdadeira revolução da indústria sob sua banda de rodagem. Ao longo da história da fabricação de pneus, houve relativamente poucas mudanças verdadeiramente radicais, mas uma delas foi definitivamente a introdução de pneus radiais que a Pirelli desenvolveu usando reforços têxteis e metálicos.

Show more images

O Cinturato (que significa “com cinto” em italiano) foi o primeiro pneu radial fabricado pela Pirelli e o primeiro a ter um caráter claramente esportivo. O composto da banda de rodagem era extremamente resistente a altas temperaturas e cortes, enquanto a estrutura radial com cinturas cruzadas assegurava uma rigidez nunca antes vista. Isso, por sua vez, fez com que o pneu fosse mais preciso e adequado aos primeiros carros esportivos da era moderna.

Ele era descrito pelo departamento de marketing da Pirelli, na época, como O "novo pneu fabuloso com seu próprio cinto de segurança no interior" e passou a equipar os carros mais importantes de sua época. Desde o início, o pneu '367' foi escolhido por fabricantes como a Lancia, mas a próxima evolução deste pneu de referência introduziria o Cinturato nos carros mais desejáveis do mundo.

Com a introdução do Cinturato CA67, CN72 e CN73, a Pirelli inventou o conceito de pneu esportivo para as ruas, pois já estavam nascendo carros superesportivos que necessitavam de pneus diferenciados, como os Ferrari 250 GT e 400 Superamerica, Lamborghini 400GT e Miura, Maserati 4000 e 5000. O CN12 deu um passo ainda mais fundo no desempenho, inserindo pela primeira vez pneus de perfil baixo, capazes de oferecer ainda mais desempenho. O CN36, que nasceu para carros de rua, também deixou sua marca nos ralis. Usando essa experiência, outras evoluções do Cinturato, como o CN54, foram criadas posteriormente.

Em meados da década de 1970, a próxima grande revolução na família Cinturato estava nascendo. Criado para os ralis, mais especificamente para o Lancia Stratos, o primeiro Cinturato P7 continha inovações disruptivas, como cintura de nylon de grau zero e, acima de tudo, um perfil ultrabaixo. Os primeiros carros a adotá-lo nas ruas foram o Porsche 911 Carrera Turbo, Lamborghini Countach e De Tomaso Pantera, verdadeiros ícones de suas épocas. O P7 foi rapidamente seguido pelo P6: um pneu um pouco menos esportivo, mas com uma ampla gama de aplicações em potencial.

Depois, houve o P5, criado especificamente para a um rodar macio e silencioso para a Jaguar, garantindo o máximo conforto para os ocupantes. Nos anos 80, nasceram os P600 e P700, sucessores dos P6 e P7, respectivamente. Eles se concentraram em melhorias de segurança, como aderência em piso molhado e curvas. Quando os anos 90 chegaram, o P6000 e o P7000 estavam no mercado, melhorando ainda mais esses quesitos.

Atualmente esse legado continua na ativa e se reinventando e o novo Cinturato P7 está prestes a sair da linha para equipar os carros mais aclamados do mundo. Para essa longa estrada da vida, muitos mais anos ainda estão pela frente para rodar.

Saiba mais
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
road