road

Chega ao Brasil em 2017, a Ferrari GTC4. O novo esportivo de luxo

Funcionalidade e desempenho do italiano mais famoso do mundo

Home road Chega ao Brasil em 2017, a Ferrari GTC4. O novo esportivo de luxo
Chega ao Brasil em 2017, a Ferrari GTC4. O novo esportivo de luxo

Poderoso, contudo sofisticado, esportivo, contudo luxuoso, o novo V12 da Ferrari realmente faz de cada viagem uma experiência única e coloca as pessoas no centro de um mundo totalmente novo. O GTC4 Lusso foi projetado para entregar emoções diferentes e inteiramente surpreendentes.
Quando pensamos em um carro esportivo de alto luxo algumas características surgem rapidamente. Componentes de tecnologia, potência, segurança, exclusividade e requinte vêm em mente. E quando esse carro é associado a marcas historicamente reconhecidas por seus produtos de altíssimo padrão, como Bugatti e Lamborghini, por exemplo, nada menos do que a superação das expectativas pode ser esperado. E é o que acontece com o novo modelo da Ferrari.

Chega ao Brasil em 2017, a Ferrari GTC4. O novo esportivo de luxo 01

Em 2011, a fabricante italiana inovou sua linha de produtos com o esportivo FF, o primeiro carro da marca com quatro lugares, tração nas quatro rodas e o chassi alongado. Ele nasceu com o objetivo de ser extremamente rápido, com elevado desempenho e estilo único. Mas agora esse modelo ficou para a história e a marca lança uma nova máquina ainda melhor: o exclusivo Ferrari GTC4 Lusso.

O nome não poderia representá-lo de forma melhor. A marca Lusso é uma peça importante na herança da Ferrari, iniciada com a versão 250 GT Lusso, que foi construído entre 1963 e 1964, e se tornou um dos modelos mais reverenciados e colecionáveis. E como é possível de se imaginar, Lusso é a palavra em italiano para "luxo" – e o GTC4 não é definido com uma palavra melhor do que luxuoso. 

Este é um carro versátil, projetado para os clientes que querem ter o prazer de conduzir uma Ferrari em qualquer lugar, a qualquer momento, de qualquer maneira: rotas curtas ou longas viagens, estradas de montanha ou ruas da cidade, sozinho ou na companhia de três passageiros. É um compacto destinado a clientes que exigem a esportividade do motor, mas se recusam a comprometer o conforto no carro, a elegância e os detalhes impecáveis.

Como se poderia esperar, o Lusso é melhor, maior, mais rápido e mais eficiente do que seu antecessor. O FF quebrou com uma longa tradição da Ferrari ao trazer a tração nas quatro rodas em um sistema extremamente inteligente. Porém o Lusso tem tudo isso e muito mais. 

Chega ao Brasil em 2017, a Ferrari GTC4. O novo esportivo de luxo 02

O novo modelo foi apresentado oficialmente no Salão Automóvel de Genebra em 2016, mas foi o teste realizado na pista de Maranello que definiu o potencial de seu alcance. As grandes novidades do GTC4Lusso não são apenas vistas pelo seu incrível design, mas sentidas ao dirigir: O motor V12 aspirado de 6,3 litros, traz o seu poder de desempenho para o asfalto com a ajuda de um novo sistema de tração integral e diferencial eletrônico. Os desenvolvedores da Ferrari completaram a tração automática nas quatro rodas com um eixo traseiro direcionado e agora o chamam de 4RM-S. A tecnologia oferece uma melhoria na diferenciação entre as rodas durante as curvas, aumentando assim a eficiência da entrega do torque. Prova disso é o uso inovador da PTU, outra patente da engenharia Ferrari, que oferece tração nas quatro rodas mas, de forma única, mantém 53% do peso do carro na traseira e reduz o peso do sistema em 50% em comparação com os sistemas convencionais 4WD. 

O motor V12 do GTC4Lusso tem 690 cavalos, aceleração de 0 a 100 Km/h em 3,4 segundos e chega a uma velocidade máxima de 335 Km/h. A marca também avança com a versão GTC4Lusso T equipada com o motor V8 3.9 bi turbo de 610 cavalos. Acelerar essa máquina não implica em reduzir sua performance - comparado aos outros modelos esportivos da Ferrari testados em Maranello, o GTC4 rodou uma distancia média até 30% maior. 

Enquanto muitos carros esportivos priorizam ao motorista uma excelente experiência em dirigir, no GTC4Lusso os italianos da Ferrari mostram que também querem o conforto e bem-estar dos passageiros. A marca diz que trabalhou nas melhorias do novo modelo utilizando feedbacks de proprietários, principalmente do modelo FF. A resposta é clara: a largura do eixo alongado, com quase três metros de distância, oferece ao passageiro muito conforto. No interior, o console central dispõe de uma tela full HD touchscreen de 10 polegadas que pode ser usada para acesso ao sistema de navegação com mapas 3D e também a um novo sistema de infotainment ultra intuitivo com conteúdo instantaneamente acessível que fornece informações avançadas de última geração, incluindo a função de conectividade da Apple, o “Car Play”. 

O volante, um pouco mais achatado, tem uma aparência ainda mais esportiva e preserva a ergonomia. Ao redor se encontram as borboletas que acionam manualmente a troca de marcha e o "manettino", um seletor que ajuda na manutenção de funções como calibrar o funcionamento do motor, inclui também controles de estabilidade e suspensão para uma forma de guiar confortável, esportiva ou para encarar piso molhado ou ainda, com neve.

O conforto acústico no cockpit também é significativamente melhor do que no FF, graças ao melhor isolamento acústico de ruído exterior. O sistema de controle da temperatura também foi foco de desenvolvimento e agora oferece a temperatura desejada 25% mais rápido. Para melhorar sua sensibilidade, o número de sensores que transmitem informações ambientais para o sistema de controle de temperatura foi quase duplicado e um novo sensor solar foi adicionado. 

Sua alma esportiva é marcada pelas formas. A traseira tem um spoiler conectado à parte superior do carro, trazendo uma leve curva. A altura do teto foi levemente rebaixada, mantendo um volume suficiente para garantir espaço e conforto excepcionais para todos os quatro ocupantes, bem como um compartimento de bagagem amplo. O capô tem traços em formato V que trás mais agressividade à dianteira. A porta lateral têm dois vincos bastante definidos que marcam um design imponente e também ajuda na função aerodinâmica. A grade dianteira foi redesenhada para integrar as pequenas tomadas de ar inferiores.

O preço do carrão ainda não está definido no Brasil, mas apenas como base de comparação da categoria, a FF atual não é vendida por menos de R$ 3,9 milhões. 

Vamos encarar: as Ferraris nunca foram vistas como carros de famílias, provavelmente porque a montadora italiana nunca achou necessário ter mais de dois assentos em seus veículos esportivos antes. Mas o mercado brasileiro e mundial está prestes a mudar com o lançamento da Ferrari GTC4Lusso. As vendas devem começar na concessionária Ferrari ainda em 2017.

Sutileza nos detalhes

Embora aparente ter praticamente o mesmo modelo da FF, os designers da Ferrari garantem que apenas o para-brisas foi mantido entre as peças do exterior. Já os consumidores mais fanáticos pela máquina reconhecem alterações nos pequenos detalhes, como as rodas de aro 20” e as ponteiras de escapamento únicas. Diferenças à parte, a unanimidade aqui é a opinião sobre o design: a GTC4 Lusso é desconcertantemente linda.

Ao contrário de outras fabricantes de esportivos de luxo, que apostaram nos SUVs como uma forma de ampliar sua abrangência para um público tamanho família, como a Porsche (Cayenne) e a Maserati (Levante), por exemplo, a Ferrari declarou que não vai entrar nessa onda.

Mas já desde o lançamento da FF, há cinco anos, mostrou que pode ir além do público um tanto restrito da marca. A GTC4 Lusso tem espaço para receber confortavelmente quatro pessoas, além de um porta-malas espaçoso e um novo sistema de som premium com monitor central. O espaço para as pernas, cabeças e ombros é generoso e, caso os bancos traseiros forem rebatidos, os já espaçosos 450 litros do porta-malas aumentam para 800.

O novo modelo é generoso também com motoristas nem tão acostumados com alta velocidade. Com um sistema de rodas traseiras direcionais, ele torna o carro mais preciso em curvas durante uma condução esportiva, e também mais prático dentro da cidade. Junto com a tração integral, o sistema permite um maior controle em curvas, unindo velocidade e agilidade, já que o cupê praticamente “cola” no asfalto.

Motivos não faltam para fazer um amante de carros de luxo se apaixonar pela Ferrari GTC4 Lusso. Basta ouvir o ronco do motor V12, uma verdadeira sinfonia para os ouvidos. 

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
road