MOTOCROSS

A Pirelli acumulou 62 títulos nessa modalidade e tem sido um modelo de consistência, qualidade e performance no Campeonato Mundial de Motocross FIM por vários anos. Olhando a história mais recente, desde 2010 os pneus Pirelli SCORPION MX 32™ conquistoaram dez campeonatos mundiais, graças aos cinco títulos obtidos por Tony Cairoli na MX1, dois celebrados por Jeffrey Herlings na MX2 como resultado da colaboração com a KTM, e outros três graças a Ken Roczen, Marvin Musquin e Jordi Tixier. As raízes da Pirelli no Campeonato Mundial de Motocross FIM, na verdade, vêm sendo estabelecidas desde 1980 e têm prosperado graças a nomes como André Malherbe, Georges Jobé e Harry Everts, pai do dez vezes campeão mundial e ex-número um da Pirelli, Stefan Everts.