CIRCUITO PARANAENSE NÃO ERA UTILIZADO PELA CATEGORIA DESDE 2018, QUANDO FRAGA E DI GRASSI VENCERAM

#PirelliNaStockCar

Após um hiato de um ano, o Autódromo Internacional de Curitiba, no Paraná, volta a receber corridas da Stock Car. As etapas 8 e 9 da temporada 2020 serão realizadas na pista neste fim de semana entre os dias 6 e 8 de novembro, em um formato de rodada tripla, bem parecida com o que a categoria fez em Cascavel, também no estado, no começo de outubro.

O circuito, que fica localizado na cidade de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, tem pontos de atenção, pois sua superfície é composta por grande parte de asfalto e um trecho considerável da reta em concreto. Com um segundo setor técnico e veloz com o “S” de alta, o traçado sempre exige bastante das máquinas, pilotos e pneus.

Como sempre, para esta etapa, a Pirelli leva o que tem de melhor em seus produtos para um pleno desempenho e total segurança em competições de turismo no Brasil: o P Zero, para pista seca, e o Cinturato, para uso no molhado. Desde o início de 2020, a Pirelli equalizou ambos os modelos para a medida 305/660-18, ambos fabricados em plantas na Europa.

“Curitiba tem uma longa reta principal, com a primeira curva sendo um ponto de frenagem brusca para a direita, com o “S” na sequência, ocasionando muita proximidade entre os carros, principalmente na largada, e alguns pilotos acabam escapando pela grama e/ou colhendo detritos de outros carros, o que pode ser um problema para os pneus. Além disso, a pista tem mais curvas acentuadas a direita e o pneu traseiro esquerdo é bastante exigido, sendo o principal afetado pela pista paranaense”, disse Fabio Magliano, gerente de produtos Car e Motorsport da Pirelli para a América Latina.

Ao contrário do que aconteceu na pista de Mogi Guaçu, a última etapa da categoria, onde foram realizadas duas corridas no domingo, o Autódromo Internacional de Curitiba receberá três provas divididas em dois dias. A primeira será disputada no sábado e terá duração de 40 minutos mais uma volta. Já no domingo, serão duas corridas de 30 minutos, mais uma volta, cada.

Quando a principal categoria do automobilismo brasileiro correu em Curitiba, uma rodada dupla foi disputada, com Felipe Fraga vencendo a corrida 1 e Lucas Di Grassi faturando a prova 2. Ingo Hoffmann é o maior vencedor da Stock Car na etapa paranaense: são nove vitórias para o “Alemão”. Entre os pilotos em atividade, Daniel Serra lidera o ranking com cinco troféus de primeiro lugar.

A transmissão do treino classificatório de sábado, 7, começará às 9h, enquanto a corrida, no Autódromo Internacional de Curitiba, tem início às 11h00. No domingo, 8, o treino classificatório começará às 9h, com a corrida 1 tendo início às 11h e a corrida 2 às 11h55. A transmissão ao vivo é do SporTV 2. Os treinos livres terão início na sexta-feira, 6, às 9h05.

Fotos: Duda Bairros/Vicar

PNEUS DISPONÍVEIS
Pista seca: P Zero na medida 305/660-18
Pista molhada: Cinturato na medida 305/660-18

CARACTERÍSTICAS DA PISTA (entre 1 e 5):
Abrasividade da pista: (3)
Força lateral: (3)
Pneu mais exigido (traseiro esquerdo)

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS P ZERO:
Cambagem recomendada dianteira: (-5,0°)
Cambagem recomendada traseira: (-3,0°)
Calibragem recomendada a frio: 24 PSI
Calibragem recomendada a quente: 32 PSI

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CINTURATO:
Cambagem recomendada dianteira: (-2,0°)
Cambagem recomendada traseira: (-0,0°)
Calibragem recomendada a frio: 26 PSI
Calibragem recomendada a quente: 32 PSI

PROGRAMAÇÃO:

SEXTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO
09h05 – 10h15: 1º treino Stock Car
12h25 – 13h35: 2º treino Stock Car

SÁBADO, 7 DE NOVEMBRO
08h30 – 08h45: treino extra pré-classificatório Stock Car
09h00 – 09h35: treino classificatório Stock Car (8ª etapa)
11h00: corrida Stock Car (8ªetapa) – 40 minutos + 1 volta

DOMINGO, 8 DE NOVEMBRO
08h30 – 08h45: treino extra pré-classificatório Stock Car
09h00 – 09h35: treino classificatório Stock Car (9ª etapa)
11h00: corrida 1 Stock Car (9ªetapa) – 30 minutos + 1 volta
11h55: corrida 2 Stock Car (9ªetapa) – 30 minutos + 1 volta