JONATHAN REA, DA KAWASAKI RACING TEAM WORLDSBK, COM SUA KAWASAKI ZX-10RR, NA CLASSE WORLDSBK, E ANDREA LOCATELLI, DA BARDAHL EVAN BROS. WORLDSSP TEAM, COM SUA YAMAHA YZF R6, NA CLASSE WORLDSSP, FORAM OS PILOTOS QUE TIVERAM OS MELHORES TEMPOS DURANTE OS TESTES

Ao final de dois dias de testes que antecedem historicamente a rodada de abertura do Campeonato Mundial de Superbike da MOTUL FIM, a Pirelli divulga as soluções que serão disponibilizadas aos pilotos nas classes WorldSBK e WorldSSP para as corridas que serão realizadas no próximo fim de semana, no circuito australiano de Phillip Island.

Os pilotos da classe WorldSBK foram à pista por quatro horas por dia, divididos em duas sessões de duas horas cada, enquanto os pilotos da classe WorldSSP tiveram duas sessões por dia de uma hora e cinquenta minutos cada.

O piloto da WorldSBK que fez a volta mais rápida durante os testes foi o campeão mundial Jonathan Rea da equipe Kawasaki Racing Team WorldSBK com um tempo de 1’30.448, alcançado durante a terceira sessão de treinos. Atrás dele estavam pilotos com cinco fabricantes diferentes nas seis primeiras posições, todos com pouco mais de quatro décimos de diferença, onde destaca-se a excelente versatilidade e adaptabilidade dos pneus Pirelli. Na classe WorldSSP, o piloto mais rápido foi o recém-contratado pela equipe do WorldSSP da BARDAHL Evan Bros., Andrea Locatelli, que fez o seu melhor tempo com 1’32.831 na sessão final de teste.

Depois de receber os dados e informações dos pilotos para a classe WorldSBK, a Pirelli confirma todas as soluções usadas durante os testes para o fim de semana de corrida, juntamente com outras soluções em desenvolvimento.

A classe WorldSSP também usará as soluções disponíveis durante os dias de teste para a corrida. Este ano, pela primeira vez, a classe 600 usará pneus slicks em vez dos pneus com ranhuras usados ​​até o ano passado.

AS SOLUÇÕES DE CORRIDA:

Na WorldSBK, os pilotos terão sete opções de compostos de pneus slicks disponíveis, duas para a dianteira e cinco para a traseira, além de pneus intermediários e de chuva. As opções para a dianteira, todas usadas também durante os testes, são o novo SC1 em composto macio e o SC2 em composto médio, ambos no tamanho 125/70. Quanto às opções traseiras, além das duas opções de desenvolvimento de composto médio já fornecidas nos testes, outra opção de composto médio foi adicionada com a especificação Y1093, além da solução SCX e do pneu de classificação.

Na WorldSSP, tanto para a dianteira quanto para a traseira, os pilotos terão as soluções já utilizadas durante os testes disponíveis, que são os pneus SC1 e SC2 padrão para a dianteira e as duas opções em composto médio Y1006 e Y1035 para a traseira.

Classe WorldSBK (tempos combinados de segunda e terça-feira):

1) J. Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK / Kawasaki ZX-10RR) – 1’30.448

2) L. Baz (Ten Kate Racing Yamaha / Yamaha YZF R1) – 1’30.524

3) T. Sykes (BMW Motorrad WorldSBK Team / BMWS1000 RR) – 1’30.568

4) T. Razgatlioglu (PATA YAMAHA WorldSBK Official Team / Yamaha YZF R1) – 1’30.740

5) L. Haslam (Team HRC / Honda CBR1000RR) – 1’30.882

6) S. Redding (ARUBA.IT Racing – Ducati / Ducati Panigale V4 R) – 1’30.885

7) M. Van der Mark (PATA YAMAHA WorldSBK Official Team / Yamaha YZF R1) – 1’31.077

8 ) M. Rinaldi (Team GOELEVEN / Ducati Panigale V4 R) – 1’31.407

9) E. Laverty (BMW Motorrad WorldSBK Team / BMW S1000 RR) – 1’31.436

10) Á. Bautista (Team HRC / Honda CBR1000RR) – 1’31.453

11) C. Davies (ARUBA.IT Racing – Ducati / Ducati Panigale V4 R) – 1’31.533

12) A. Lowes (Kawasaki Racing Team WorldSBK / Kawasaki ZX-10RR) – 1’31.560

13) S. Cortese (OUTDO Kawasaki TPR / Kawasaki ZX-10RR) – 1’31.565

14) X. Fores (Kawasaki Puccetti Racing / Kawasaki ZX-10RR) – 1’31.653

15) M. Scheib (ORELAC Racing VERDNATURA / Kawasaki ZX-10RR) – 1’31.810

16) G. Gerloff (GRT Yamaha WorldSBK Junior Team / Yamaha YZF R1) – 1’31.941

17) F. Caricasulo (GRT Yamaha WorldSBK Junior Team / Yamaha YZF R1) – 1’31.944

18) L. Camier (Barni Racing Team / Ducati Panigale V4 R) – 1’32.676

19) T. Takahashi (MIE Racing / Honda CBR1000RR) – 1’36.314

Classe WorldSSP (tempos combinados de segunda e terça-feira):

1) A. Locatelli (BARDAHL Evan Bros. WorldSSP Team / Yamaha YZF R6) – 1’32.831

2) R. Krummenacher (MV Agusta Reparto Corse / MV Agusta F3 675) – 1’33.488

3) J. Cluzel (GMT94 Yamaha / Yamaha YZF R6) – 1’33.491

4) R. De Rosa (MV Agusta Reparto Corse / MV Agusta F3 675) – 1’33.563

5) C. Perolari (GMT94 Yamaha / Yamaha YZF R6) – 1’33.681

6) P. Oettl (Kawasaki Puccetti Racing / Kawasaki ZX-6R) – 1’33.827

7) I. Viñales (Kallio Racing / Yamaha YZF R6) – 1’33.882

8 ) S. Odendaal (EAB Ten Kate Racing / Yamaha YZF R6) – 1’33.886

9) L. Mahias (Kawasaki Puccetti Racing / Kawasaki ZX-6R) – 1’33.896

10) H. Okubo (Dynavolt Honda / Honda CBR600RR) – 1’34.335

11) C. Öncü (Turkish Racing Team / Kawasaki ZX-6R) – 1’34.363

12) H. Soomer (Kallio Racing / Yamaha YZF R6) – 1’34.448

13) P. Sebestyen (OXXO Yamaha Team Toth / Yamaha YZF R6) – 1’34.533

14) F. Fuligni (MV Agusta Reparto Corse / MV Agusta F3 675) – 1’34.609

15) D. Webb (WRP Wepol Racing / Yamaha YZF R6) – 1’34.662

16) C. Bergman (Wójcik Racing Team / Yamaha YZF R6) – 1’34.770

17) M. Gonzalez (Kawasaki ParkinGO Team / Kawasaki ZX-6R) – 1’34.861

18) P. Hobelsberger (Dynavolt Honda / Honda CBR600RR) – 1’35.465

19) A. Verdoïa (bLU cRU WorldSSP by MS Racing / Yamaha YZF R6) – 1’35.637

20) O. Bayliss (CUBE Racing / Yamaha YZF R6) – Wildcard – 1’35.763

21) L. Cresson (OXXO Yamaha Team Toth / Yamaha YZF R6) – 1’35.807

22) J. van Sikkelerus (MPM Routz Racing Team / Yamaha YZF R6) – 1’36.067

23) G. Hendra Pratama (bLU cRU WorldSSP by MS Racing / Yamaha YZF R6) – NC

JONATHAN REA, DA KAWASAKI RACING TEAM WORLDSBK, COM SUA KAWASAKI ZX-10RR, NA CLASSE WORLDSBK, E ANDREA LOCATELLI, DA BARDAHL EVAN BROS. WORLDSSP TEAM, COM SUA YAMAHA YZF R6, NA CLASSE WORLDSSP, FORAM OS PILOTOS QUE TIVERAM OS MELHORES TEMPOS DURANTE OS TESTES