O QUE APRENDEMOS DO TL1 E TL2   •  Apesar dos compostos nomeados para a Rússia serem um nível mais duros do que os usados no ano passado, os tempos de volta foram realmente mais rápidos do que seus equivalentes de 2018. Resultado este em consonância com a tendência que temos visto ...>