AUSTIN: O SONHO AMERICANO DA FÓRMULA 1

A Pirelli é a patrocinadora oficial do Grand Prêmio dos Estados Unidos, com os pneus macio, supermacio e ultramacio escolhidos para uso. Os mesmos que iniciaram a temporada 2018 na Austrália, sete meses atrás, e que foram usados juntos em mais três corridas desde então (Azerbaijão, França e Áustria). Este fim de semana recebe uma batalha crucial no campeonato de pilotos, dando uma motivação extra para a disputa em uma pista que já é espetacular e com várias características únicas, mas que, no entanto, incorpora os melhores elementos de várias outras. Com quebras de recordes de corrida ou históricos acontecendo em 14 GPs este ano, o Grande Prêmio Pirelli dos Estados Unidos está pronto para ser o próximo a fazer história.

OS TRÊS COMPOSTOS SELECIONADOS

O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DO PNEU

    •  A Pirelli leva a mesma nomeação de pneus para Austin da usada em 2017, embora seja realmente um nível mais macio, como todos os compostos de 2018 são em relação as suas versões usadas na temporada passada.
    •  O Circuito das Américas, de sentido anti-horário, contém uma grande variedade de curvas muito diferentes: o acerto do carro é, invariavelmente, um compromisso.
    •  A característica mais notável é o grampo com entrada em aclive e saída em declive que forma a curva um: acertar o ponto de freada lá é extremamente desafiador.
    •  Três longas retas podem esfriar os pneus em cada volta: mantê-los na janela de operação ideal é essencial.
    •  Lewis Hamilton ganhou com a Mercedes no ano passado com uma parada nos boxes, enquanto Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em segundo lugar parando duas vezes. Por todo o pelotão houve mistura entre estas duas opções de estratégia.

Mario Isola, gerente mundial de Motorsport da Pirelli: “Como foi o caso no ano passado, esperamos que algumas estratégias diferentes possam ser possíveis em Austin, mas devido ao clima de frequência variável e ampla gama de características da pista, é sempre uma corrida difícil de prever. Nos últimos anos, o asfalto que foi instalado em 2012 se estabilizou, mas será particularmente importante para as equipes obterem uma abrangente leitura sobre as condições nos treinos livres para prepararem uma estratégia ideal. Isto não é sempre óbvio em Austin, apesar de existirem várias oportunidades para ultrapassagem na pista como vimos no ano passado. Em 2018, esta corrida é de particular importância para nós, como a Pirelli é o patrocinador oficial do Grande Prêmio. Isto demonstra a importância dos Estados Unidos para nossa companhia, com a nossa primeira loja P Zero World tendo sido aberta em Los Angeles há dois anos.”

O QUE HÁ DE NOVO?
    •  Ao mesmo tempo que acontece o Grande Prêmio, um festival para os fãs recém organizado será feito em Miami, com exibições e outras formas de entretenimento ocorrendo.
    •  A programação da corrida em Austin terá ainda a Fórmula 4 americana e a Fórmula 3: ambas usam pneus Pirelli para ajudarem jovens pilotos a escalarem suas carreiras.
    •  Paolo Andreucci conquistou o seu 11º título do campeonato de rally italiano no último fim de semana usando um Peugeot 208 R5 equipado com pneus Pirelli.

PRESSÕES MÍNIMAS PARA A LARGADA / LIMITES DE CAMBAGEM

PNEUS NOMEADOS PARA A TEMPORADA