A Pirelli concluiu o segundo dia do último testes in-season, realizados ontem e hoje, no circuito de Speilberg, após o Grande Prêmio da Áustria. Nas análises, a fabricante de pneus experimentou alguns materiais novos que podem vir a ser incorporados aos pneus de Fórmula 1 na temporada 2016. Todas as equipes, exceto a Manor, participaram dos testes. Várias delas usando pilotos principais, de testes e reservas; como a Ferrari, por exemplo, com Antonio Fuoco, e a Toro Rosso, com Marco Wittmann.

O primeiro dia de testes foi interrompido por uma forte chuva, logo na manhã, o que resultou em uma demorada bandeira vermelha. Poucos pilotos se arriscaram a entrar no circuito, dando apenas algumas voltas de reconhecimento com pneus de chuva. À tarde, eles voltaram à pista, já com pneus intermediários. Depois, o clima ainda permitiu que fossem testados também os supermacios atuais, os macios e os médios. Os testes duraram até às 20h, para compensar o período perdido com a chuva da manhã.

Os testes do segundo dia foram realizados com o clima seco, permitindo que as equipes pudessem experimentar os pneus slick supermacio, macio e médio. Em parceria com as equipes Ferrari, Mercedes e Toro Rosso, a Pirelli testou novos materiais que podem ser utilizados nos pneus da temporada 2016. Estes protótipos, tanto dianteiros quanto traseiros, possuem características semelhantes aos dos modelos atuais, mas com pequenas diferenças em sua composição.

Hoje as atividades começaram com céu nublado, 13ºC de temperatura ambiente e 18ºC da pista. Durante a tarde, atingiram o pico de 21ºC e 32°C, respectivamente. Nestas condições, os compostos mais macios foram os mais adequados. Nico Rosberg, da Mercedes, foi o piloto mais rápido do dia. Usando pneus P Zero supermacio ele fez, em sua melhor passagem, 1min9s113.

Ao longo de toda a temporada 2015, cada equipe tem direito a 110 jogos de pneus para testes; menos do que os 135 jogos destinados no ano passado. Estes podem ser usados como elas quiserem. Basta que as equipes notifiquem a Pirelli com antecedência, informando a quantidade de conjuntos que desejam usar em qual teste.

Paul Hembery, diretor de motorsport da Pirelli: “Os testes na Áustria tiveram um começo um pouco frustrante, graças a chuva que atrapalhou os trabalhos na manhã do primeiro dia. No entanto, pudemos realizar trabalhos muito bons a partir da tarde de terça-feira, tendo até mesmo alguns períodos de sol, na quarta-feira. Queremos agradecer a Ferrari, Mercedes e Toro Rosso, que se ofereceram para nos ajudar nos testes de alguns novos materiais para a temporada 2016, nestes que foram os dois últimos dias de testes in-season. Os resultados obtidos aqui serão muito úteis, à medida que continuamos o desenvolvimento da nossa próxima geração de pneus para a Fórmula 1.”

Os melhores tempos dos dois dias de testes:

PRIMEIRO DIA
Wehrlein (Mercedes) 67 voltas / 1min11s005 Supermacio
Ocon (Force India) 76 voltas / 1min11s192 Supermacio
Verstappen (Toro Rosso) 97 voltas / 1min11s328 Macio
Fuoco (Ferrari) 71 voltas / 1min11s331 Macio
Grosjean (Lotus) 45 voltas / 1min11s509 Macio
Gasly (Red Bull) 80 voltas / 1min11s757 Macio
Marciello (Sauber) 53 voltas / 1min11s826 Macio
Vandoorne (McLaren) 76 voltas / 1min12s530 Supermacio
Wolff (Williams) 39 voltas / 1min13s248 Macio

SEGUNDO DIA
Rosberg (Mercedes) 117 voltas / 1min9s113 Supermacio
Gutierrez (Ferrari) 110 voltas / 1min9s931 Supermacio
Bottas (Williams) 79 voltas / 1min10s029 Supermacio
Wittmann (Toro Rosso) 158 voltas / 1min10s103 Supermacio
Wehrlein (Force India) 132 voltas / 1m10s253 Supermacio
J. Palmer (Lotus) 110 voltas / 1min10s373 Supermacio
Alonso (McLaren) 104 voltas / 1min10s718 Supermacio
Ricciardo (Red Bull) 116 voltas / 1min10s757 Supermacio
Nasr (Sauber) 138 voltas / 1min10s922 Supermacio

Obs.: a equipe Manor não participou desses testes.

MAIORES STINTS POR TIPO DE COMPOSTO
Supermacio – Vehrlein (Mercedes) – 22 voltas, no primeiro dia
Macios – Fuoco (Ferrari) – 17 voltas, no primeiro dia
Médios – Gutierrez (Ferrari) – 3 voltas, no segundo dia
Intermediários – Verstappen (Toro Rosso) – 23 voltas, no primeiro dia
De chuva – Fuoco (Ferrari) – 16 voltas, no primeiro dia