As equipes vão para o autódromo de Silverstone, de quarta a sexta-feira desta semana, para o teste oficial de jovens pilotos. Esta é uma oportunidade para desenvolver novos talentos e carros para o futuro, além de testar a nova especificação do P Zero, que combina o composto de 2013 com a estrutura de 2012, e passa a ser utilizado oficialmente a partir do GP da Hungria.

De acordo com a FIA, a alocação anual dos pneus para testes aumentou em cinco e foi para 105 jogos no total. Dentre os conjuntos disponíveis, cabe a cada equipe decidir a quantidade e a especificação dos pneus que pretende utilizar durante os testes. Nenhuma equipe escolheu o supermacio em Silverstone, por exemplo, pois as características dessa pista não são iguais as do rápido e fluente circuito de Northamptonshire, um dos mais rápidos do calendário.

Além do teste de atribuição de 105 conjuntos (menos os já utilizados), a Pirelli levará sete novos conjuntos de pneus para Silverstone, que são constituídos por três compostos duros, dois compostos médios e dois protótipos de compostos duros, que já estavam disponíveis para serem testados nos treinos de sexta-feira dos GPs da Espanha e da Inglaterra deste ano. Os pilotos titulares (que só poderão participar dos testes sob a condição de seguir os planos de execução fornecidos pela Pirelli) podem usar estes jogos adicionais.

Embora a especificação global dos pneus testados em Silverstone seja nova, as equipes já estarão familiarizadas com suas características, pois se trata do composto de 2013 com a estrutura de construções de 2012. O trabalho das equipes consistirá, principalmente, em ajustar os carros aos pneus para tirar máximo proveito da nova especificação.

“Este teste é uma oportunidade valiosa para as equipes avaliarem a nova especificação de pneus, e também para treinar seus jovens pilotos. Com poucas ocasiões para testes durante o ano, é importante tanto para as equipes, como para a Pirelli, tirar o máximo proveito desta oportunidade. A experiência dos pilotos trará muitas informações, e estamos ansiosos para ouvir seus comentários. Nós não estamos esperando que a nova especificação de pneus seja consideravelmente diferente da anterior, as características gerais devem ser semelhantes. No entanto, haverá muito trabalho útil a ser realizado pelos pilotos nos próximos três dias”, diz Paul Hembery, diretor de automobilismo a Pirelli.