Os novos pneus Pirelli de F1™ apresentam compostos mais macios, uma coroa reforçada e uma carcaça mais flexível. A linha de pneus P Zero™ seco e Cinturato™ molhado tiveram que sofrer uma mudança completa para o início da temporada 2013 de Formula 1™. O objetivo é melhorar o desempenho e aumentar a degradação térmica, a fim de obter no mínimo duas paradas por corrida, proporcionando mais oportunidades de ultrapassagem e decisões estratégicas para as equipes. Há também um novo visual nas paredes laterais com cores mais reconhecíveis e a introdução da cor laranja no lugar da cor prata utilizada no ano passado para identificar os pneus slick de composto mais duro. “A revolução de 2013″, explica o Diretor de Esportes a Motor da Pirelli, Paul Hembery, “segue a que a Pirelli implementou no ano passado com relação à linha de pneus de 2011, estabelecendo, dessa forma, novos desafios para os pilotos e recomeçando do zero em termos de conhecimentos adquiridos pelas equipes durante a última temporada”.

Compostos mais macios para as linhas de pneus secos e molhados significam que o pneu atingirá a temperatura ideal de funcionamento mais rapidamente com a expectativa do tempo de volta ficar 0,5 segundos mais rápido. A tecnologia em rápida evolução da Pirelli significa que o novo pneu duro P Zero™ Laranja é, de grosso modo, equivalente ao composto médio do ano passado. Além da rápida degradação térmica, existe uma melhor tração, com um desempenho mais rápido, especialmente em curvas rápidas e na troca de frenagem para aceleração, e vice-versa. O intervalo de desempenho entre os diferentes compostos é maior que 5 décimos de segundo, em oposição ao ano passado, quando a diferença era menor, especialmente na segunda metade da temporada.

Para visualizar mais imagens, clique aqui