O programa intensivo de testes de pneus da Pirelli para equipar os veículos da próxima temporada da Fórmula 1 continuou em Jerez, ao sul da Espanha, com Nick Heidfeld ao comando do Toyota TF 109.

O circuito de Jerez se tornou um local popular para testes de Fórmula 1 por conta da sua configuração técnica e temperatura agradável durante todo o ano e seus 4,43 quilômetro já receberam tanto o Grande Prêmio da Espanha como o Europeu.

O autódromo tem uma variedade ampla de curvas, que variam de lentas para médias e rápidas. Seu traçado exige uma performance maior dos pneus traseiros, que tem de trabalhar duro para garantir a melhor tração em uma ampla gama de velocidades.

Heidfeld completou cerca de 200 voltas nos dois dias de testes. O objetivo desta etapa foi finalizar o desenvolvimento da construção do pneu antes do próximo teste em Monza, que acontecerá em uma semana.

Os engenheiros de desenvolvimento da Pirelli também experimentaram durante os testes uma série de compostos diferentes, a fim de preparar as quatro opções de pneus slick que serão oferecidas a todas as equipes de Fórmula 1 no ano que vem.

No próximo teste em Monza, o ex-piloto de Fórmula 1 da Renault, Romain Grosjean, irá pela primeira vez testar os pneus para a Pirelli, já que Heidfeld está sendo liberado de seu contrato após o anúncio de ter sido escolhido para conduzir a Sauber até o fim desta temporada da F1.

O diretor de Motorsport da Pirelli declarou: “Nós gostaríamos de agradecer Nick pela sua valiosa contribuição ao nosso programa de desenvolvimento de pneus e desejamos sorte no futuro. Para evitar o favorecimento de qualquer equipe, nós decidimos, em acordo com Nick, liberá-lo de seu contrato e em seu lugar escolhemos Romain para testar os pneus em Monza. Romain acumulou grande experiência em período curto de tempo, incluindo todo o desenvolvimento de pneus para a GP3, e por isso eu tenho certeza que ele será capaz de contribuir com um feedback bastante importante. Os testes em Jerez foram muito bem e nós completamos todo o trabalho que planejamos nesses dois dias. Agora iremos para Monza, onde a nossa tarefa será a de concluir a construção dos pneus antes de nos focarmos nos compostos.”