road

McLaren 600LT - Espírito de corridas

Quer correr. E é rápido. Os pneus escolhidos pela McLaren para o carro o confirmam

Home road McLaren 600LT - Espírito de corridas
McLaren 600LT - Espírito de corridas

LT é uma sigla tradicional da McLaren. O primeiro a ter o nome foi o F1 GTR "Longtail" (daí as letras), um carro de corrida surgido do lendário F1 de rua e criado com a experiência adquirida pela equipe de Fórmula 1. Pesando apenas 915 quilos, era 135 quilos mais leve que o F1 GTR que venceu as 24 Horas de Le Mans em 1995. O carro foi um grande sucesso no campeonato de FIA GT de imediato, conseguindo cinco vitórias em onze corridas e terminando em primeiro e segundo lugares na classe GT1 em Le Mans.

Foi uma obra-prima da engenharia que criou a lenda LT. "O LT não é apenas um carro mais rápido na pista, também permite ao piloto forçar mais do que era possível antes", como explica o gerente de testes da McLaren, Chris Goodwing. A última entrada no estoque é o McLaren 600LT, o quarto capítulo na história do LT. Com um peso seco de 1247 quilos, seu V8 3,8 litros de turbo duplo girando ao máximo na linha de partida é capaz de entregar 600 hp. Outros números sensacionais de performance são a aceleração de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, a velocidade máxima de 328 km/h e a capacidade de frear de 200 km/h à parada completa em apenas 117 metros. Grudado no asfalto. Para alcançar tal desempenho, a McLaren escolheu o Pirelli P Zero Trofeo R especificamente desenvolvido para o 600LT. Os pneus Trofeo R estão no catálogo Pirelli Motorsport criado para o mercado de reposição e projetado para fãs que desejam liberar sua potência na pista de corrida. Pela primeira vez, um carro saiu da linha de montagem usando esses pneus como equipamento original, mais uma evidência do verdadeiro espírito de corridas do McLaren 600LT.

Show more images

Mantendo-se fiel à herança do LT, o novo McLaren é feito de fibra de carbono e outros materiais leves sem se esquecer que sua tarefa principal é manter-se colado ao solo. Uma nova aerodinâmica, combinada ao assoalho plano de carbono, garante 100 quilogramas de carga na traseira a 250 km/h, isto significa que ele contorna as curvas ainda mais rápido que o mais potente 675LT. E tem mais. A distância do solo é 8 milímetros mais baixa e a bitola dianteira é 10 milímetros mais larga para melhorar a precisão da direção. E como ele para? Seu sistema de freio em carbocerâmica corta 4 quilogramas da escala. Então ele precisa de apenas 117 metros para parar desde os 200 km/h, só um metro a mais que o extremo McLaren P1.

Um nome importante e números impressionantes para o último e importante capítulo na história da McLaren e seus LTs, que mais uma vez incorpora a bem conhecida atitude de corrida que encheu as prateleiras de troféus e memórias empolgantes em Woking. 

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
road