race

Interlagos, 80 anos
de emoção e paixão

A charmosa pista paulistana já viu de tudo. Com toda essa idade bem vivida, a casa dos apaixonados pelo esporte a motor reina como a mais importante do Brasil

Home race Interlagos, 80 anos
de emoção e paixão
Interlagos, 80 anos
de emoção e paixão

O templo da velocidade do Brasil completa 80 anos no mês de maio. Em comemoração a essa data especial, a Pirelli separou momentos marcantes que ajudaram a construir o caráter desse verdadeiro ícone do motorsport no País e um dos mais relevantes do mundo.

A Fórmula 1

O relacionamento da Fórmula 1 com Interlagos nasceu em 1972, em uma época em que a categoria só pisava na América do Sul para o GP da Argentina - no calendário desde a década de 50 - e depois rumava para os Estados Unidos ou Europa. Nesse ano, a corrida foi um teste e não valeu para o mundial. Quem venceu o GP em um Interlagos lotado foi o argentino Carlos Reutemann, dando um banho de água gelada na torcida paulista, que não parava de gritar o nome de Emerson Fittipaldi, ídolo nacional e que viria conquistar o primeiro de seus dois títulos - e o primeiro de um piloto brasileiro na história - no final daquele mesmo ano.

Quando começou para valer, no ano seguinte, em 1973, só deu Brasil por três anos seguidos, com duas vitórias de Emerson e uma de José Carlos Pace, ambos que marcaram seus nomes na história do autódromo. Moco, como era conhecido, viria a morrer em 1977, mas teve seu nome escolhido para batizar o autódromo. Já o bicampeão mundial, empresta seu nome à reta principal.

Esse primeiro relacionamento da F1 com Interlagos durou até 1977, quando, no ano seguinte, a prova foi disputada, ainda em formato provisório, no Rio de Janeiro. Interlagos voltou a sediar a prova em 79 e 80, mas Jacarepaguá, na capital fluminense, já estava 100% pronta para receber a categoria nos anos seguintes. A pista carioca sediou as corridas de 81 até 89, quando São Paulo, buscando voltar ao calendário da principal categoria mundial transformou Interlagos com uma medida que, até hoje, ainda divide opiniões: mudar o traçado de quase 10 km para um mais curto, mais adequado à Fórmula 1 que surgia na década de 90.

E assim foi feito. Com a criação de algumas curvas icônicas, como o S do Senna, e a inversão de algumas partes do traçado, a pista ficou pronta, modificada e apta a receber a Fórmula 1 por muitos anos. Desde então, passando por modificações de segurança, o traçado se manteve o mesmo e a categoria visita Interlagos uma vez por ano até o presente momento.

Astros mundiais das duas e quatro rodas de diversas categorias já andaram em Interlagos

Interlagos tem seu nome mundial muito ligado à F1, mas não foi só a categoria que fez de suas curvas um palco para realização de eventos. Mundialmente falando, a pista recebeu corridas do Mundial de Endurance, WEC, por três anos entre 2012 e 2014, com batalhas homéricas entre máquinas da Audi, Toyota, Porsche, Ferrari e Aston Martin, entre outras.

A pista paulistana também já recebeu o mundial de motovelocidade, conhecida hoje como MotoGP. Grandes nomes do motociclismo mundial da época, como Wayne Rainey, Wayne Gardner, Alex Crivillé, Kevin Schwantz, Randy Mamola, Eddie Lawson, Mick Doohan e claro, o brasileiro Alex Barros, correram na edição de 1992, única vez que a pista sediou uma prova do campeonato.

Outros campeonatos de renome internacional também já colocaram Interlagos em seus calendários, como o Mundial FIA GT1, F3000 Intercontinental, ITC...

Interlagos, palco de formação de grandes pilotos e categorias no Brasil

Desde sua inauguração, Interlagos é palco de escola para grandes pilotos, como Chico Landi, Fritz D'Orey, Emerson e Wilson Fittipaldi, entre outros, e de categorias marcantes, como as corridas de protótipos, onde vários engenheiros projetavam carros dos mais variados modelos. Tinha a F5000, onde enormes carros de motores de cinco litros corriam pelo traçado, tinha a Fórmula Vee, o primeiro passo para quem queria entrar nas categorias de monopostos, tinha a famosa 1000 Milhas, charmosa corrida de carros esporte que varavam a noite de Interlagos, entre outas.

E já nos aproximando dos tempos atuais, a Stock Car fez de Interlagos sua grande capital, realizando por, diversas vezes, mais de três corridas por ano durante a temporada. Interlagos também viu os rápidos carros das GT3 Brasil, os pesadões da Fórmula Truck e da Copa Truck, os modernos Porsche Cup, as velozes motos da SuperBike...

Como um personagem de personalidade tão forte e caráter tão importante para os apaixonados por velocidade, sejam eles pilotos, membros de equipe, fábricas, montadoras, escolas, jornalistas, torcedores, enfim, todos os relacionados com este esporte, Interlagos, um octogenário que pulsa firme no seu auge está preparado para continuar mantendo por suas veias, ou melhor, retas e curvas, muitos mais anos de emoção e paixão.

Saiba mais
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
race