race

Fórmula 4 ajuda os jovens a crescer

A Pirelli garante a todos os mesmos pneus pois quem deve brilhar é o piloto, não o carro

Home race Fórmula 4 ajuda os jovens a crescer
Fórmula 4 ajuda os jovens a crescer

Lançada em 2013 pela FIA, o objetivo da Fórmula 4 é treinar pilotos que saem do circuito de karting para dirigirem carros de verdade em pistas reais. Como se trata de uma fase preparatória, com custos baixos se comparada à Fórmula 3, esse circuito oferece oportunidades iguais para todos os participantes: competir com uma equipe prestigiada por uma temporada inteira, incluindo os testes, pode custar menos de 100 mil Euros, um valor aceitável se considerarmos os custos administrativos das demais séries.

Show more images

Os campeonatos italiano e alemão, além dos demais ao redor do mundo, compartilham vários elementos, que vão do chassi Tatuus com um aerofólio traseiro duplo ajustável a motores turbo FTP 1.4 com 160 HP, sistemas sequenciais de marchas Sadev, freios Brembo e pneus Pirelli. Tais semelhanças técnicas e a programação do calendário de corridas permitem aos pilotos, em uma média de 30 a 35 por evento, competir em ambos os campeonatos, desafiando-se em uma seleção variada de pistas que marcaram a história das corridas automobilísticas: na Itália, eles correm em Misano, Adria, Imola, Mugello, Vallelunga e Monza, enquanto o campeonato alemão tem os circuitos de Oschersleben, Sachsenring, Lausitzring, Nurburgring, Hockenheim, Red Bull Ring (Áustria) e Zandvoort (Países Baixos). Aliás, o campeonato alemão serviu como um excelente lugar de treinamento para Mick Schumacher, que obteve 6 pole positions neste ano e venceu diversas corridas (até 15 de julho), divididas igualmente entre as duas ligas pela Prema Powerteam.

A filosofia da Fórmula 4 permite apenas alguns ajustes nos carros a fim de priorizar a sensibilidade do piloto. Essa orientação também engloba os pneus dos carros, projetados para que os pilotos mantenham um nível alto e constante de desempenho por muitas voltas, com cada conjunto de pneus permitindo ir até 200 km de distância durante as diversas sessões de teste particulares programadas pelas equipes durante a temporada. 200 km é uma boa distância se considerarmos que a milhagem de uma corrida de Fórmula 4 geralmente gira em torno de 60 km e que os regulamentos do campeonato italiano definem uma duração de 28 minutos mais uma volta para a corrida 1 e a corrida 2 e 18 minutos mais uma volta para a corrida 3, enquanto todas as da liga alemã duram 30 minutos.

A relação entre desempenho e durabilidade é a ideal graças à fácil gestão dos pneus. Assim, problemas tais como uso excessivo ou fenômenos como esfarelamento raramente ocorrem. Para citar um exemplo dos tempos de corrida de Fórmula 4, no circuito em Imola os líderes fizeram 1’45”, um segundo e meio a menos que as corridas mundiais de Superbike, cujos motores excedem a marca de 220 HP – carros de Fórmula 4 chegam, no máximo, a picos de velocidade não superiores a 210 km/h.

Para economizar nos custos e tirar vantagem da vida útil estendida dos pneus, cada corredor de fim de semana usa os pneus da corrida anterior para praticar livremente e dois novos conjuntos para as corridas de classificação e 2/3 programadas, enquanto que para fins de segurança, os pneus de pista molhada com relevo para tanto são projetados para manter a aderência mesmo quando a pista está secando depois de uma corrida com pista úmida.

O uso de aquecedores de pneus é expressamente proibido e todos os pneus devem permanecer sob uma cobertura no circuito por todo o fim de semana, guardados pelos representantes da Pirelli e entregues já montados em seus aros apenas meia hora antes de os carros entrarem na pista para as voltas e corridas de classificação. Essa prática, junto à norma que dispõe da seleção aleatória dos pneus, preserva a justeza esportiva da liga. Contudo, isso também envolve um esforço considerável por parte da Pirelli, tanto com relação à organização das centenas de pneus que precisam estar disponibilizados diretamente nos circuitos junto a um serviço de montagem dedicado quanto com relação às habilidades técnicas altamente especializadas dos assistentes da pista, sempre disponíveis para dar assistência às necessidades das equipes. Além disso, os pneus usados são devolvidos à Pirelli, que começa com a reciclagem através de pontos-chave ativos na recuperação e reciclagem de pneus usados, acrescentando uma nota de mérito ao registro da Fórmula 4 – a de que o futuro da corrida automobilística nasce aqui.

Os pneus Pirelli usados para Fórmula 4 medem:
Slick e pista molhada – dianteiro: 200 / 540-13
Slick e pista molhada – traseiro: 250 / 575-13

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
race