life

Nascida na Itália, concebida no exterior

Pirelli: Italiana no coração, mas com espírito internacional

Home life Nascida na Itália, concebida no exterior
Nascida na Itália, concebida no exterior

Depois de uma viagem de estudos pela Europa entre 1870 e 1871, Giovanni Battista Pirelli teve a ideia de se dedicar ao que, na época, era uma indústria inteiramente nova – a da borracha. Em Milão, no ano de 1872, Pirelli funda a sociedade de parceria limitada G.B. Pirelli & C. para produzir produtos a partir da borracha elástica. Ainda no início de suas atividades, ao considerar quão jovem ainda era a indústria global de borracha e também a capacidade limitada do mercado italiano para dar vazão a seus produtos, a empresa resolveu voltar seus olhos para o mercado exterior.

A firma italiana chegou a um verdadeiro ponto decisivo em 1902, quando abriu suas instalações espanholas em Villaneuva y Geltrù, ao sul de Barcelona, o que assinalou o início de um longo processo de internacionalização, nunca abandonado pela empresa, e que lhe permitiu virar uma organização verdadeiramente multinacional, centrada em torno da sede do grupo em Bicocca, lugar de sua primeira fábrica, cuja antiga torre de arrefecimento continua sendo um atrativo arquitetônico no coração da sede da empresa até hoje. É aqui, na sua sede em Bicocca, que a Pirelli mantém a principal unidade de Pesquisa e Desenvolvimento do grupo, responsável pela supervisão de todas as pesquisas conduzidas pelas oito instalações de Pesquisa e Desenvolvimento espalhadas pelo mundo – mundo este em que a Pirelli, hoje, tem 20 locais de produção espalhados por 14 países, todos eles inteiramente voltados à produção de pneus.

O país natal da Pirelli conta com instalações de produção em Bollate (Milão) e com o centro mais tecnologicamente avançado do grupo, o Complexo Industrial em Settimo Torinese, nascido da união de duas fábricas da Pirelli em um único complexo, ocupando uma área de 250 mil m². Ainda na Europa, a Pirelli tem dois locais no Reino Unido (um em Burton-on-Trent, criado em 1929, e outro em Carlisle, criado em 1969) e as instalações criadas em 1963 em Breuberg, Alemanha. A fábrica em Izmit, Turquia, está em atividade desde 1962, onde a empresa fabrica os pneus para Fórmula 1, além de seus pneus para carros e caminhões. Desde 1999, a Pirelli mantém instalações de produção em Alexandria, Egito, para cobrir o mercado africano e atender às necessidades da região por pneus de caminhão. Na década de 2000, para aproveitar as oportunidades que estavam surgindo da demanda crescente em economias de rápido desenvolvimento, o grupo abriu instalações em Slatina, Romênia (2006), em Yanzhou, China (2005), e em Guanajuato, México (2012), a última ajudando a fortalecer a produção das instalações nos EUA, localizadas em Rome, Estado da Geórgia (2002), liberando assim a capacidade para as instalações sul-americanas que costumavam atender ao mercado do NAFTA (bloco econômico abrangendo EUA, Canadá e México).

A bem da verdade, é na América do Sul que o grupo Pirelli conta com o maior número de instalações de produção, estando presente no continente desde 1910 - essas instalações são responsáveis pela geração de quase 30% do total das receitas. No Brasil, em particular, a Pirelli atualmente tem quatro fábricas (em Santo André, desde 1941; em Campinas, desde 1970; em Gravataí, desde 1976; e em Feira de Sa18:31 04/07/2016ntana, desde 1986) encarregadas da produção de toda a linha de pneus da Pirelli. O grupo também tem uma fábrica de pneus em Merlo, Argentina, estabelecida em 1968, e em Guacara, Venezuela (estabelecida em 1990), e emprega cerca de 13 mil pessoas na América do Sul – somando ao restante do mundo, o total da força de trabalho da organização é constituído de 38 mil pessoas.

Mais recentemente, a Pirelli também se aventurou na Rússia, onde tem presença industrial desde 2011 por meio da parceria com a Rostec (anteriormente denominada Russian Technologies), para adquirir instalações de produção em Kirov e Voronezh, dois locais “históricos” da Federação Russa, que desde então teve sua produção atualizada para os padrões tecnológicos da Pirelli. Atualmente, a Pirelli também está presente na Indonésia através de outra parceria com um grupo local (Astra Otoparts), tendo lançado recentemente as novas instalações em Subang, focadas na produção de pneus para motocicletas, a fim de tirar proveito do grande potencial do mercado da APAC (Região da Ásia-Pacífico).

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
life