life

À Procura de Julieta: apresentamos o elenco do Calendário Pirelli 2020

Paolo Roversi escolheu oito atrizes e modelos cujas personalidades as tornam bem adaptadas para interpretar uma Julieta do século XXI

Home life À Procura de Julieta: apresentamos o elenco do Calendário Pirelli 2020
À Procura de Julieta: apresentamos o elenco do Calendário Pirelli 2020

Se dependesse de uma votação popular nas mídias sociais, a nova Julieta certamente seria Emma Watson. “À Procura de Julieta" é o tema do Calendário Pirelli 2020, fotografado por Paolo Roversi, uma seleção de elenco de faz de conta para encontrar a pessoa mais adequada para interpretar a personagem de Shakespeare hoje. Oito mulheres, atrizes e modelos que incorporam um conceito de amor e que, por causa dos papéis que desempenharam e das vidas que viveram, poderiam facilmente desempenhar o papel de uma Julieta moderna. Uma convidada especial será a artista franco-italiana Stella Roversi, apaixonada por cinema e fotografia, antiga modelo principal das campanhas feitas pelo seu pai.

A atriz e ativista britânica, com seus 100 milhões de seguidores nas mídias sociais, certamente seria a Julieta com a maior audiência. Ela é bem conhecida por seus retratos cinematográficos de duas personagens femininas icônicas: Hermione Granger, de "Harry Potter", e Belle, de "A Bela e a Fera". Assim como sua carreira de quase duas décadas de atuação, Emma é uma aclamada ativista dos direitos das mulheres. Ela é Embaixadora Global da Boa Vontade na ONU Mulheres, para quem lançou a campanha #heforshe (#elesporelas), incentivando os homens a se unirem à luta pela igualdade de gênero.

Em 2018, Emma ajudou a catalisar o movimento TIME'S UP e a levar a campanha para o Reino Unido, levando à formação do Fundo de Justiça e Igualdade do Reino Unido. Ela também é muito apaixonada por moda sustentável e dirige um clube de livros feministas online chamado Our Shared Shelf.

A presença de Yara Shahidi no elenco é a confirmação de que um forte compromisso social pode muito bem ser uma característica da Julieta do século XXI. Shahidi é atriz, modelo e ativista mais conhecida por seu papel de protagonista como Zoey Johnson na amada série de TV da ABC, "Black-ish", assim como o spin-off "Grown-ish".

A jovem estrela criou o Yara's Club em parceria com as Escolas de Liderança de Mulheres em Nova York. Ela atuou como porta-voz da DoSomething.Org e da campanha STEM da 3M, que levantou fundos para salas de aula que precisavam de recursos científicos e tecnológicos e trabalhou com a Casa Branca de Obama em iniciativas da STEM.

Yara advoga em prol das questões das mulheres e trabalhou com as Nações Unidas no programa Girl Up em iniciativas globais. Seu trabalho foi destaque no New York Times, na lista anual de 30 adolescentes mais influentes da revista TIME e na Forbes 30 Under 30.

Outro brado por direitos, especialmente em termos de amor, vem da Julieta interpretada por Indya Moore, a primeira modelo transgênero a desfilar na passarela por grandes casas de moda. "Eu não sou mulher. Meus pronomes são eles/elas”, diz ela com o mesmo orgulho que a levou a deixar sua família com apenas 14 anos de idade. Agora, dez anos depois, a Time a coroou como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo por ensinar a todos a beleza da diversidade.

Indya Moore encontrou sucesso na série de TV Pose, produzida pela Netflix, onde ela interpretou uma dançarina nos salões de festas de Nova York dos anos 80. A comunidade LGBT se reuniria nesses lugares e se desafiaria em concursos de dança e pose, como evocado no hit da Madonna, Vogue.

O amor de Rosalia, a candidata mais latina para o papel de Julieta, inspira-se na tradição e a impulsiona para o futuro. Nascida em 1993, esta jovem cantora catalã modernizou o flamenco, a dança e a música do século XVIII, misturando-o com o R&B, o hip-hop e a eletrônica. Sua canção Il Mal Querer, inspirada em Flamenca, uma história anônima do século XIV, conta a comovente história de amor de uma mulher aprisionada pelo homem que ela ama.

Depois de estudar flamenco por dez anos, Rosalia alcançou o topo das paradas e ganhou 3,9 milhões de seguidores. É um caminho que não passou sem obstáculos. Aos 17 anos, ela teve que começar do zero após uma operação em suas cordas vocais, que a forçou a tirar um ano sabático para se recuperar. Malamente, uma de suas canções mais bem-sucedidas, tem mais de 90 milhões de visualizações no YouTube.

Outra Julieta capaz de lutar e superar as dificuldades é a atriz inglesa Claire Foy. Logo após completar 18 anos, ela teve que enfrentar e superar um tumor no olho direito. Com o rosto deformado pelo inchaço, a experiência lhe ensinou que há mais na vida do que a beleza. Ela estudou na Escola de Teatro em Oxford e fez seu nome em um papel como a jovem rainha Elizabeth II na série da Netflix, The Crown.

Foi seu lado mais sombrio que emergiu em sua interpretação cinematográfica de Lisbeth Salander, a personagem inventada pelo escritor sueco Stieg Larsson em Millenium, que luta contra a misoginia. Em “O Primeiro Homem”, Foy interpretou as ansiedades e medos de Janet Armstrong, a esposa de Neil, o primeiro homem a andar na Lua.

Chris Lee, cujo nome verdadeiro é Li Yuchun, é uma cantora pop, compositora, atriz, diretora e porta-voz para a fundação Yumi’s Loving Care Foundation. Em 2005, Chris estreou como o talento chinês no programa Super Girl’s Champion e ela apareceu na capa da edição estadunidense da revista Time no mesmo ano. Como uma das músicas mais representativas da música pop chinesa, ela ganhou importantes prêmios de música nacional e internacional desde a sua estreia. Seus nove álbuns foram campeões de venda na China continental, e seus shows são também reconhecidos como icônicos da música ao vivo na China.

Chris promoveu a criação do primeiro fundo de caridade chinês que doou e foi batizado pelos fãs, a fundação Yumi’s Loving Care Foundation. Ela é porta-voz do fundo, ajudando dezenas de milhares de beneficiários durante os últimos 13 anos. Como o único rosto oriental no Calendário Pirelli 2020, ela interpreta como uma das Julietas mais diferentes do elenco. Ela aparece constantemente na lista global BoF500 de influência na moda. No Oriente, tudo o que ela usa veste é esgotado em poucos dias, enquanto as grandes casas de moda disputam sua atenção. O Royal Institute of International Affairs de Londres a considera uma das pessoas mais influentes na China.

A modelo e atriz estadunidense Kristen Stewart é um símbolo do amor livre. Talvez seja menos difícil para ela desempenhar o papel de Julieta do que para as outras, já que um capítulo da saga que a levou a alcançar fama mundial evocou o caso entre os dois jovens membros das famílias Montéquio e Capuleto. “Lua Nova”, a sequência do filme “Crepúsculo”, que foi adaptado da série de livros escritos por Stephanie Meyer do mesmo nome, fala do amor impossível da humana Bella Swan para o vampiro Edward.

Eles se amam, perseguem um ao outro e depois se separam. Edward acredita erroneamente que ela está morta e vai morrer na Itália, em Volterra. Mas ao contrário da tragédia de Shakespeare, Bella consegue salvar seu amante. Em um de seus próximos filmes, Kristen Stewart também interpretará Sabina em uma nova versão de “As Panteras”, feita em um estilo #metoo.

Dados os papéis que desempenhou, a atriz Mia Goth poderia ser a mais perturbadora Julieta. Ela desempenhou o papel de Joe em Nymphomaniac de Lars Von Trier, retratando todas as manias eróticas da protagonista feminina. Ela também interpretou Sarah em Suspiria, um filme de homenagem que Luca Guadagnino dedicou ao original de Dario Argento.

Saiba mais
Relacionadas
Informação do produto
O melhor da tecnologia de ponta da Pirelli
Descubra o novo P Zero
Encontre
Selecione o produto sob medida para você
Encontre o melhor pneu para seu carro
life