As equipes de Fórmula 1 irão testar a recente evolução dos novos pneus Pirelli PZero

Pela primeira vez, os carros de 2011 serão vistos em ação

Paul Hembery, diretor de Motorsports da Pirelli: “Chegamos a Valência com todos os nossos compostos definidos e prontos para oferecer às equipes diferentes soluções de pneus, uma colaboração intensa e frutífera até o momento. Este teste vai nos fornecer algumas informações úteis e será uma prévia valiosa da temporada que está por vir”

O estreito circuito Ricardo Tormo, em Valência, é a sede escolhida para dar início, este ano, aos testes de pneus Pirelli para a Fórmula 1. Contará com a estréia de novos Pirelli PZero, dos quais quatro são para terrenos secos e dois para condições úmidas, oferecidos em toda a temporada de 2011.

Os testes terão início às 10h, marcando o começo de quatro sessões oficiais antes do Grande Prêmio da temporada em Bahrain, no dia 13 de março. Na semana seguinte ao término dos testes em Valência, as equipes seguirão em direção a Jerez.

As 12 equipes tiveram a oportunidade de experimentar os pneus macios e médios pela primeira vez, no ano passado (19 e 20 de novembro), em Abu Dhabi, poucos dias após o período de encerramento do Grande Prêmio.

Nessa ocasião, as equipes percorreram aproximadamente 11 mil quilômetros em dois dias e ficaram com boa impressão sobre os pneus Pirelli.

A empresa italiana levará a Valência, esta semana, uma maior variedade de novos compostos para a Fórmula 1, cujas especificações foram definidas no final das provas privadas nos Emirados Árabes, em janeiro.

Assim como os pneus para terreno seco, Pirelli também colocará à disposição das equipes os pneus intermediários e para piso molhado, em caso de chuva, o que é bem freqüente na costa espanhola nesta época do ano.

Durante os três dias de teste em Valência, cada uma das 12 equipes receberá, no máximo, 30 jogos de pneus. Elas poderão escolher quantos jogos de cada composto desejam testar, dependendo das suas estratégias de desenvolvimento individual.

Essas mesmas condições serão estabelecidas para os seguintes dois testes, realizados também na Espanha: Jerez (10 a 13 de Fevereiro) e Barcelona (18 a 20 de Fevereiro).

Todas as equipes poderão contar com o suporte em Valência do time da Pirelli dedicado à F1, que é composto por 50 pessoas. Em particular, cada equipe contará com a presença de um engenheiro da Pirelli, encarregado de passar as informações técnicas e realizar um trabalho conjunto.

Até este momento, a Pirelli tem percorrido mais de 18.000 quilômetros em 10 testes privados, incluindo dois dias em Valência, em outubro do ano passado, quando os pneus intermediários e para terreno úmido foram experimentadas pela primeira vez.

O diretor de Motorsport da Pirelli, Paul Hembery, comentou: “Chegamos a Valência com todos os nossos compostos definidos e prontos para oferecer às equipes diferentes soluções de pneus, uma colaboração intensa e frutífera até o momento. Este teste vai nos fornecer algumas informações úteis e será uma prévia valiosa à temporada que está por vir. O teste em Valência será muito significativo porque experimentaremos uma situação que é muito semelhante às condições reais de uma corrida, embora as condições de tempo não representem as mesmas do restante do ano, e também nos dará uma boa idéia de como trabalhar juntos no futuro. O objetivo desse teste é proporcionar a todas as equipes a oportunidade de se aprimorar, familiarizando-se com os pneus que vamos fornecer a elas nesta temporada, antes que terminem seus programas de desenvolvimento, período anterior ao primeiro Grande Prêmio deste ano em Bahrein.”

O circuito Ricardo Tormo foi construído em 1999 e é usado principalmente para corrida de motos. As imagens estão disponíveis para utilização no  www.pirelli.com/pressarea